Enfraquecimento do fenômeno El Niño faz o Brasil gelar mais cedo em 2016

Santa Catarina registrou, na madrugada de quarta-feira, sensa
Santa Catarina registrou, na madrugada de quarta-feira, sensao trmica de -18C. Foto: Marlia Sutil/ Prefeitura de Urupema

 

As temperaturas médias de abril e maio, na Região Sul, já haviam batido recorde. Nos primeiros dias de junho, o frio acima do esperado segue sendo rotina. Santa Catarina registrou, na madrugada de quarta-feira, sensação térmica de -18ºC. O município de Urubici, um dos mais gelados do Brasil, teve mínima de -1ºC. O Sudeste também apresenta o índice abaixo de zero. Em São Paulo, na última terça-feira, os termômetros da capital registraram a temperatura mais baixa dos últimos oito anos para o mês de junho, com máxima de 14,8°C. A explicação é a passagem de uma massa de ar frio, que deve atingir a região Centro-Oeste nos próximos dias.

A tendência é de que a massa de ar frio atue no Distrito Federal nos próximos sete dias, aponta o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Nesta quarta, a máxima pode chegar a 27ºC, com possibilidade de chuva. A mínima deve cair, a partir de hoje, com previsão de máxima 27°C e mínima 15ºC, com o tempo parcialmente nublado.

A Defesa Civil de Santa Catarina emitiu estado de alerta, na segunda-feira, de frio intenso em todo o estado. A madrugada de quinta-feira deveria ser a mais fria deste período, apontaram meteorologistas ontem. Nas áreas mais altas do estado, a temperatura deveria variar entre -4º e -6ºC. Deve cair neve na madrugada de sexta para sábado. A recomendação é que agricultores tomem medidas preventivas com relação às geadas, que podem provocar danos às plantações. Pescadores e embarcações, de médio e grande porte, devem evitar o mar agitado, há risco de ressaca no litoral. O frio já matou um homem, morador de rua, em 27 de abril, em Passo Fundo (RS). No Paraná, a preocupação é com as plantações de milho, que podem sofrer o impacto das geadas.

Para a meteorologista Maria das Dores Azevedo, “o frio ainda nem começou em Brasília”. “Até agora, a temperatura mais baixa registrada foi de 15,6°C.” Ela acrescenta que a chuva desta quarta-feira não é inesperada. “No mês de junho é raro chover, mas não descartamos.” No entanto, não há indicações de chuva para os próximos dias.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook