Últimas

Entenda como Daniel Alves pode ser escalado na Juventus

Lateral será substituto de Cuadrado e deve jogar como ala no esquema tático 3-5-2

Existem poucas certezas na vida, muito menos no mundo do futebol. Mas contratar um jogador da classe de Daniel Alves provavelmente vai dar ao técnico da Juventus, Massimiliano Allegri, a oportunidade de experimentar várias formações e táticas na próxima temporada. Inclusive poderá observar se o brasileiro joga melhor com três ou quatro zagueiros. E de qualquer forma, é fácil pensar que Daniel não terá problema de adaptação, dentro ou fora de campo.

Claro que a chegada de Daniel Alves é uma consequência natural do óbvio retorno de Cuadrado para o Chelsea. O colombiano fracassou feio em sua primeira passagem pelo time londrino, mas o novo técnico, Antonio Conte, admira seu futebol e pediu para o clube rejeitar as tentativas da Juventus de contratá-lo.

Daniel Alves está com 33 anos, mas sua idade não é considerada um problema. Ele oferece experiência com habilidade técnica na mesma medida. A Juventus busca a glória na Liga dos Campeões, então contratar um jogador que foi três vezes campeão europeu é considerada uma decisão natural.

Embora a Juventus tenha conseguido mais um sucesso no Campeonato Italiano nesta temporada, ela ainda sofre pela eliminação na Liga dos Campeões para o Bayern de Munique. O time alemão mostrou a importância de ter eficiência nas jogadas laterais, especialmente na prorrogação. Dito isso, ter Daniel Alves é uma grande contratação. 

Inclusive porque haverá uma dupla brasileira nas alas da Juventus, com Alex Sandro na esquerda. A Juventus acredita que eles poderão oferecer uma grande ameaça aos adversários. Claro que será preciso ter uma boa cobertura na defesa. Mas a todos confiam na linha de três defensores formada por Andrea Barzagli, Leonardo Bonucci e Giorgio Chiellini, além do goleiro Gianluigi Buffon, que continua a ser bem sucedido aos 37 anos.

Números de Daniel Alves na Liga dos Campeões 2015/2016:

Quando Allegri precisar se arriscar ou estiver desesperado pela vitória, pode facilmente escalar um quarteto defensivo, com Alex e Daniel nas laterais. Tal dinamismo pode ser fundamental para quebrar táticas defensivas comuns do futebol italiano. 

De qualquer forma, Daniel Alves oferecerá qualidade, pois é uma garantia de eficiência no jogo pelas pontas. Como disse Lionel Messi no ano passado, “ele é o melhor lateral do mundo. É muito difícil encontrar um jogador como ele hoje em dia”.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook