Últimas

Fifa diz que Blatter e 2 ex-dirigentes dividiram mais de R$ 280 milhões

O ex-presidente da Fifa Joseph Blatter e dois de seus colaboradores mais próximos, Jérôme Valcke e Markus Kattner, dividiram 80 milhões de dólares (aproximadamente R$ 284 milhões) “em um esforço coordenado de enriquecimento pessoal” através de contratos e compensações, ao longo dos últimos cinco anos, indicou nesta sexta-feira (3) a própria Fifa.

A Federação Internacional de Futebol, com sede em Zurique, informou a justiça suíça e vai compartilhar os dados com a justiça americana.

“Alguns contratos contêm dispositivos que parecem violar o direito suíço”, expõe a Fifa sobre o sistema de cláusulas e bonificações de seus três ex-dirigentes.

Na quinta-feira (2), autoridades suíças realizaram novas buscas na sede da Fifa e apreenderam documentos e dados eletrônicos em mais uma parte da operação contra o escândalo de corrupção que gira em torno da entidade.

“Como parte das investigações criminais em andamento no caso Fifa, o escritório do Procurador-Geral da Suíça realizou uma busca na sede da Fifa em 2 de junho de 2016 com o objetivo de confirmar descobertas já existentes e obter mais informações”, informou a procuradoria em comunicado.

Uma porta-voz da procuradoria disse que o presidente da Fifa, Gianni Infantino, não é um dos indivíduos em investigação. Infantino foi eleito presidente da entidade em fevereiro deste ano —nove meses após o maior escândalo de corrupção da história do futebol mundial.

Em maio de 2015, a polícia suíça a pedido das  autoridades dos EUA realizaram uma operação surpresa para deter seis dirigentes da Fifa investigados por corrupção e com mandados de extradição. Entre eles, o ex-presidente da CBF José Maria Marin, que atualmente cumpre prisão domiciliar nos EUA.

Com o escândalo de corrupção, Blatter renunciou ao cargo de presidente da Fifa no dia 2 de junho — quatro dias após ser eleito para um novo mandato.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *