Flamengo mostra falta de planejamento e apostas arriscadas com Rafael Vaz e Réver

Na necessidade de dar uma resposta ao torcedor, diretoria pode estar se precipitando nas contrações

O Flamengo anunciou nesta quarta-feira o ex-vascaino Rafael Vaz, o zagueiro de 27 anos chegou ao clube Rubro-Negro depois do Vasco decidir não renovar seu contrato.

 

No clube cruzmaltino, Rafael Vaz era reserva da equipe do técnico Jorginho, mas este ano entrou com frequencia durante as partidas e se destacou por fazer gols decisivos de cabeça, inclusive contra o atual time no Campeonato Carioca e na final da competição contra o Botafogo.

 


(Foto: Paulo Fernandes/ Vasco da Gama)

 

Com a suspensão de César Martins, que terá seu contrato encerrado no final do mês, Rafael Vaz deve estrear com a camisa do Flamengo já no próximo domingo, contra o Figueirense.

 

Apesar da cúpula do futebol Rubro-Negro apostar no jogador, os torcedores já não confiam tanto assim nesta contratação e Rodrigo Caetano, diretor de futebol do clube, foi duramente criticado nas redes sociais. A pergunta é: será que Rafael Vaz é realmente o que o Flamengo precisa?

 


(Foto: Paulo Fernandes/ Vasco da Gama)

 

Desde meados do ano passado o Flamengo sabe da necessidade de reforçar a zaga, que já vinha sendo bastante criticada. No início do ano o clube já sabia que o Benfica não desejava renovar o empréstimo de César Martins, que Rafael Dumas não estava nos planos e que Wallace não gozava mais do prestígio junto ao torcedor.

 

Diante deste cenário o Flamengo pouco se movimentou atrás de reforços para o setor, tentou alguns nomes mas viu atletas preferirem outros clubes como Luan que resolveu renovar com o proprio Vasco e Henrique que rumou em direção ao Fluminense.

 


(Foto: Nelson Perez/ Fluminense)

 

Com a saída repentita do ex-capitão Wallace, e a lesão de Juan, o Flamengo se viu numa cilada de bico. Sem opções no setor resolveu convocar César Martins que já estava de férias. 

 

Por tanto, a chegada de Rafael Vaz parece mais uma tacada para suprir uma necessidade momentanea do que um planejamento a longo prazo para o atleta na equipe. O que o Rubro-Negro menos precisa hoje são apostas para o setor mais carente do elenco.

 

Além de Vaz, o Flamengo está prestes a contratar o zagueiro Réver, do Internacional. Outra aposta arriscadissima já que o jogador tem enfrentado problemas constantes com lesões e não tem sequência há muito tempo.

 


(Foto: Alexandre Lopes/ Internacional)

 

Caso bem parecido com o de Ederson, que também tinha problemas físicos mas foi contratado pelo clube para vestir a camisa 10 em 2015. Como era de se esperar o meia, apesar de demonstrar boa técnica, não tem sequência e vive no departamento médico.

 


(Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)

 

Já Juan, também enfrentou problemas físicos com a camisa do Internacional, dificilmente conseguirá emplacar uma grande sequência de jogos no Brasilerão e está fora do time justamente por conta de uma lesão.

 

No geral, serão dois zagueiros com a possibilidade de apresentar problemas físicos com certa frequência, um jovem promissor mas inexperiente e uma verdadeira incognita.

 

Muito arriscado para um clube que tem um investimento tão alto e a necessidade de fechar o ano por cima para tentar apagar os vexames do primeiro semestre.

 

 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook