Últimas

Ganso celebra convocação e fala em resgatar ‘futebol bonito’ da Seleção Brasileira

Vivendo seu melhor momento no São Paulo, meia voltou a ser convocado após quatro anos

Após quatro anos, Paulo Henrique Ganso voltará a vestir a camisa da Seleção Brasileira. Convocado por Dunga por conta da lesão de Kaká para a Copa América Centenário, o meia comemorou o chamado e falou em resgatar o “futebol bonito” da equipe canarinha.

“Espero que todos se destaquem e que a nossa Seleção possa voltar a jogar bonito. O título da Copa América é superimportante. Espero que a gente possa trazer o torcedor de volta”, declarou.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Ganso vive melhor momento no SP | SP tenta contratação de argentino | Liberado teste com árbitro de vídeo


Na Seleção, Ganso reencontrará o goleiro e ídolo do Tricolor, Rogério Ceni, que se aposentou no fim de 2015 e é o auxiliar pontual do Brasil no torneio.

“Nem sei o que falar do Rogério, porque realmente é um mito como pessoa e atleta profissional. Ele quer ganhar tudo, até par ou ímpar. Sempre conversamos bastante e ele me ajudou a amadurecer muito. Certamente vou conversar com ele sobre o que posso melhorar, porque quem está fora vê melhor do que quem está dentro”, afirmou.

Depois de anos de altos e baixos com a camisa do São Paulo, Paulo Henrique Ganso finalmente espantou a desconfiança dos críticos e da própria torcida nesta temporada, ganhou moral, passou a ser mais efetivo e se tornou o maestro do meio-campo da equipe comandada por Edgardo Bauza.

Os números de Ganso na Libertadores e no Brasileirão:

Para o camisa 10, o fato de estar jogando mais próximo da área contribuiu para o seu retorno para a Seleção Brasileira.

“Todos jogadores do São Paulo têm sua contribuição na minha evolução. O Patón me colocou numa posição muito boa para eu render melhor ainda. Ele ajustou a equipe. Ele me deu todo o apoio… Estou jogando mais próximo do gol adversário, por isso tenho feito mais gols”, analisou.

“O que fiz comigo é voltar a fazer gols. Voltar a ser o jogador que pode desequilibrar uma partida. Isso foi com muito trabalho e muito foco para voltar a ser jogador da Seleção Brasileira”, finalizou.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *