Últimas

Goleiro brasileiro presenciou atentado em Istambul e revela: "botaram arma na minha cabeça"

Andrey estava fazendo uma escala, viu muitas pessoas feridas no aeroporto e foi revistado pela polícia, mas ficou bem


GOAL Por Allan Brito 


O goleiro Andrey, ex-Grêmio e Cruzeiro, passou por um enorme susto nesta terça-feira. Ele estava no aeroporto de Istambul que sofreu um atentado e presenciou o desespero de centenas de pessoas. Apesar de ter visto uma arma apontada para cabeça, ele não se feriu. Mas 36 pessoas morreram e 100 ficaram feridas por causa de tiros e bombas.

Andrey ia fazer apenas uma escala em Istambul, mas foi surpreendido pouco depois de sair do avião: “a gente estava se dirigindo até o saguão e, chegando lá, já comecei a reparar que tinha pessoas chorando e correndo no sentido contrário, fugindo. Não sabia o que era, estava na desinformação, mas daqui a pouco veio cheiro de fumaça e pólvora”, contou Andrey à Goal.

De acordo com o goleiro, o cenário era terrível: “a gente viu muito sangue no chão, tudo muito estranho e um povo gritando ‘terrorista’. Aí tu não pensa em mais nada, a não ser em procurar um abrigo e ter olhar atento para ver se tem alguma coisa suspeita por perto”.

Enquanto estava escondido, ele teve que passar por uma revista policial assustadora: “veio a polícia botando arma na minha cabeça para abrir a mala porque eu estava de lado, meio sem saber o que fazer e com uma mochila. Acharam suspeito e botaram arma na minha cabeça. Falei ‘sou brasileiro’ e isso amenizou o clima. Abriram minha mala, investigaram e falaram para sair dali”. Andrey contou que viu a polícia fazer isso com outras pessoas, mas não percebeu nenhum exagero: “é para dar segurança para nós, então não tem problema nenhum”.

Andrey não se feriu, mas viu muitas pessoas que sofreram com o atentado: “só vi muito sangue, gente com curativo e braço enfaixado. Não me feri porque, quando veio o povo gritando, eu dei meia volta e fui para o outro lado”.

Com o aeroporto fechado, Andrey teve que se hospedar em um hotel em Istambul e terá que esperar para completar sua viagem para o Irã. 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook