Últimas

Governo corta R$ 11,2 mi em contratos de sites considerados pró-PT

O governo do presidente em exercício Michel Temer (PMDB) confirmou a suspensão de contratos de publicidade de sites considerados simpáticos ao PT, como “Brasil 247”, “Carta Maior” e “Diário do Centro do Mundo”. A informação é jornal Folha de S.Paulo. O corte representa uma economia de R$ 11,2 milhões. Os contratos haviam sido firmados pouco antes do afastamento de Dilma e tinham validade de um ano, englobando repasses de administração direta, como ministérios, e indireta, como bancos e estatais.

A verba deve ser distribuída em outros veículos. Páginas como “Congresso em Foco” e “Observatório da Imprensa”, que estariam inicialmente livres do corte, também acabaram tendo seus repasses bloqueados. Novos cortes ainda estão sendo estudados. No momento, o Tribunal de Contas da União (TCU) vem realizando uma auditoria nos gastos com publicidade entre 2015 e 2016. 

O valor bloqueado é pequeno perto do dispendido anualmente pelo governo federal. Em 2015, o total gasto pelo governo Dilma com publicidade foi de R$ 1,86 bilhão. A maior parte do valor foi para a TV, com R$ 1,23 bilhão.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook