Últimas

Governo do DF tenta proibir entrada da Mancha no estádio Mané Garrincha

Após a confusão do último domingo (5) no jogo entre Palmeiras e Flamengo que resultou na detenção de 21 torcedores, o governo do Distrito Federal quer proibir a entrada de membros da torcida organizada Mancha Alvi Verde no estádio Mané Garrincha.

Segundo a Folha apurou, representantes do governo local entendem, a partir de imagens da confusão e do que foi apresentado pela Polícia Militar, que foi a organizada palmeirense que iniciou o confronto.

“Vamos acionar a Justiça e pedir a proibição, sim. Ela está prevista no Estatuto do Torcedor, no artigo 39: a torcida organizada que provocar tumulto ou incitar a violência pode ser impedida de comparecer a eventos esportivos por até três anos. O crime está bem caracterizado, então queremos que o Estatuto seja cumprido”, afirma à reportagem Jaime Recena, secretário de Esporte, Turismo e Lazer do Distrito Federal.

Burocraticamente, o pedido à Justiça precisa partir da Procuradoria do Distrito Federal. Dessa forma, a secretaria de Esporte, Turismo e Lazer requisitou à Procuradoria para que o pedido de aplicação do artigo 39 seja feito, o que, segundo Recena, já foi aceito pelo órgão e acontecerá nos próximos dias.

“Nosso estádio [Mané Garrincha] é quase 100% coberto por câmeras de segurança. É o que tem a maior cobertura do Brasil. Pelas imagens, está caracterizado que os membros da Mancha assistiram o primeiro tempo e então foram para o anel interior, onde ficam os banheiros e bares. E então eles partem para cima da segurança, passando da primeira fileira de contenção. Depois eles passam pela segunda e começa o confronto. Eles iniciaram o tumulto”, diz.

Com o pedido feito, restará à secretaria aguardar a avaliação da Justiça, que não tem um prazo pré-determinado para acontecer.

A secretaria ainda estuda colocar grades de segurança reforçadas, mais altas e opacas, para evitar eventos similares, e pedir à Justiça que seja colocado um posto da Justiça Desportiva no estádio Mané Garrincha.

Procurados, representantes da Mancha Alvi Verde não comentaram o tema.

Mais cedo, a torcida organizada suspendeu nove de seus membros por envolvimento na briga.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook