Últimas

Irmão de Christina Grimmie é tratado como herói após morte da cantora

Segundo testemunhas, Mark teria evitando um número maior de mortos e feridos por ter imobilizado o atirador.

Christina Grimmie com o irmão Mark (Foto: Instagram/ Reprodução)Christina Grimmie com o irmão Mark
(foto de arquivo)

Mark, irmão de Christina Grimmie, está sendo saudado como um herói por combater o atirador que matou sua irmã após apresentação na noite desta sexta-feira, 10, em Orlando, nos Estados Unidos. Isso porque, segundo relatos de testemunhas ao site “Just Jared”, Mark teria evitando um número maior de mortos e feridos por ter imobilizado o atirador.

De acordo com a revista “People”, o irmão de Christina chegou a derrubar o suspeito no chão antes dele conseguir se desvencilhar e se suicidar.

A cantora Christina Grimmie não resistiu aos ferimentos e morreu aos 22 anos após ser baleada em show nos Estados Unidos. As autoridades locais confirmaram a notícia na madrugada deste sábado, 11. A ex- participante da versão norte-americana do “The Voice” foi atingida por tiros enquanto distribuía autógrafos após se apresentar em Orlando. “É com profundo pesar que confirmamos que Christina Grimmie morreu em decorrência dos ferimentos”, afirmou a polícia de Orlando através de seu perfil no Twitter.

Grimmie participou da sexta temporada da edição norte-americana do programa “The Voice”, em 2014, integrando o time do cantor Adam Levine e ficando em terceiro lugar. Ela tinha acabado de fazer o show de abertura para a banda Before You Exit. Wanda Miglio, porta-voz da polícia de Orlando, contou em entrevista à imprensa local que tudo aconteceu enquanto Grimmie distribuia autógrafos. “Ela estava atendendo alguns fãs quando um homem carregando duas pistolas abriu fogo para todos os lados e atirou em Grimmie”, contou a oficial.

Christina Grimmie em show em Las Vegas, nos Estados Unidos, em setembro de 2015 (foto de arquivo) (Foto: Steve Marcus/ Reuters)Christina Grimmie em show em Las Vegas em setembro de 2015 (foto de arquivo)

Fonte: Ego.globo.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook