Últimas

Já passou da hora de Cristiano Ronaldo ser decisivo na Euro 2016

Apesar de seguir tentando, o craque português não está conseguindo desempenhar um bom papel de protagonista… ao contrário de Gareth Bale com o País de Gales


GOAL Por Tauan Ambrosio 


Cristiano Ronaldo é o tipo de craque que faz até a mais frágil das seleções impor certo respeito. O jogador do Real Madrid, decisivo no caminho para a conquista da Champions League 2015-16, é o maior goleador da Seleção Portuguesa (58 gols) e chegou aos campos franceses cheio de expectativa para a Euro 2016.

É porque, ao contrário do que aconteceu na Copa do Mundo de 2014, o camisa 7 veio bem fisicamente para a disputa do torneio de seleções. Só que até o momento o gajo só tem decepcionado. Em dois jogos, não marcou nenhum gol e ainda desperdiçou um pênalti – no 0 a 0 com a Áustria.

Vale ressaltar que o Grupo F está longe de apresentar as maiores dificuldades técnicas aos portugueses, apontados como favoritos para avançarem na primeira posição antes de o certame começar.

Às vésperas do último compromisso pela fase de grupos da Euro 2016, os lusos estão apenas na terceira posição e correm risco de serem eliminados precocemente. Às 13h desta quarta-feira (22), a equipe comandada por Fernando Santos precisará de um bom resultado contra a Hungria, surpreendente líder da chave.

A decepção após desperdiçar um pênalti contra a Áustria (Foto: Getty Images)

Caso Portugal não avance, o peso cairá nas costas de CR7. E com razão, pelo que se espera dele em campo. Estamos falando do jogador mais valioso da Eurocopa, segundo estudo do Observatório do Futebol – que também apontou a Seleção Portuguesa como a sexta mais valiosa da competição.

O desempenho do maior astro do futebol mundial na atualidade fica ainda mais criticável, na Eurocopa, se for comparado ao de Gareth Bale. O galês, seu companheiro de time no Real Madrid, também defende um país sem grandes pretensões futebolísticas. Na verdade, uma equipe que pode até ser considerada menor do que Portugal. Afinal de contas, os lusos ao menos se permitem sonhar com um título.

Bale precisou de 3 gols para ser o maior artilheiro do País de Gales em torneios de grande importância (Foto: Getty Images)

Em três jogos disputados, Bale balançou as redes em todos – algo que não acontecia desde 2004 no torneio. Dentro de campo, representa o maior perigo para os adversários. Acertou 12 chutes a gol, um aproveitamento de 80% na precisão, o dobro em relação aos 40% de CR7.

Se no Real Madrid Bale vive à sombra de Cristiano Ronaldo, na sua seleção o galês abraça forte o protagonismo. É como se acumulasse toda uma carga ao longo do ano, enquanto vê o português decidindo a maior parte dos jogos e títulos para a equipe de Santiago Bernabéu. E sendo o astro das manchetes de jornais mundo afora, é claro.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Dá para comparar CR7 a Ibra? | O segredo de Modric | “CR7 vai marcar contra a Hungria”


Os números da última temporada com a equipe espanhola mostram uma ampla superioridade de CR7: nada surpreendente, afinal de contas estamos falando do dono do time. Só que a ‘prima donna’ justifica essa preferência em campo, ao contrário do que aconteceu nos primeiros dois compromissos dos portugueses na França.

É importante ressaltar: Cristiano Ronaldo está longe de fazer ‘corpo mole’ em campo. Além de não ser do seu feitio, é algo comprovado em números. Ninguém buscou tantas vezes os arremates a gol (20). Sem contar com as tentativas bloqueadas pelos defensores adversários, CR7 já arriscou 10 vezes. Gareth Bale tentou cinco a mais, porém antes de fazer o seu terceiro jogo contabilizava oito, dois a menos em relação ao companheiro de Real Madrid.

O problema é que não basta Cristiano Ronaldo tentar. Ele tem que resolver. É o que se espera dele, e o que não vem acontecendo até o presente momento. Para não ficar com um fracasso manchado em sua história, é bom começar a acertar o pé. Os portugueses precisarão do seu poder decisivo. Se vencer, avançar para as oitavas e cair perante uma seleção melhor tecnicamente Portugal terá já cumprido com o seu papel… mas se cair é bom CR7 estar aberto às críticas.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook