Últimas

Justiça proíbe artista de fazer santos inspirados na cultura pop


3/06/2016 – 7:00


Estátuas de Jesus, Maria e outros santos foram retratadas como figuras de Galinha Pintadinha, Super Man e outros




Justiça proíbe artista de fazer santos inspirados na cultura pop
Justiça proíbe artista de fazer santos inspirados na cultura pop

Uma artista plástica de Goiânia foi impedida pela justiça de fazer e vender esculturas de santos da igreja católica inspirados na cultura pop.

A Arquidiocese de Goiânia moveu uma ação contra a artista Ana Paula Dornelas Guimarães de Lima, conhecida como Ana Smile, que fazia e vendia imagens de santos católicos vestidos como  Superman, Batman, Minnie, Malévola e Galinha Pintadinha.

No entendimento da igreja, Ana estava satirizando os personagens religiosos, até por manter as páginas “Santa Blasfêmia” no Facebook e Instagram.

“A autora extrapolou, deliberadamente, o seu direito constitucional de livre manifestação de pensamento, ferindo o também direito constitucional da Igreja Católica, de inviolabilidade de consciência e crença”, diz nota da Arquidiocese.

Para a igreja, as estatuas produzidas pela artista e postada nas redes sociais ofendem a coletividade e violam o sentimento religioso por “empregar escárnio, sátira e ironia”.

A decisão de impedir os trabalhos da artista foi tomada pelo juiz Abílio Wolney Aires Neto, da 9ª Vara Cível de Goiânia que estipulou multa no valor de R$ 50 mil em caso de descumprimento.

Em sua defesa, Ana Smile afirmou que não tinha a intensão de ofender a fé católica (religião da maioria dos brasileiros), mas que queria agradar ao público que gosta de arte diferente.

“Nunca quis agredir a fé de ninguém. É uma coisa para quem gosta de algo diferente. Sou de família católica e todos me apoiam, gostam do que eu faço e têm exemplares em casa. Minha avó, inclusive, que não sai da igreja, não viu problema”, disse a artista que pretende entrar com recurso contra a decisão. Com informações G1


Fonte: Gospelprime.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *