Laboratório de Paris é o plano B para realizar testes antidoping da Rio-2016

Depois do anncio de que o LBCD (Laboratrio Brasileiro de Controle de Dopagem), no Rio, est suspenso, o Comit Organizador dos Jogos do Rio j trabalha com o plano de realizar os testes antidoping fora do pas.

A Folha apurou que o plano B dos organizadores o laboratrio de Paris, na Frana, que credenciado pela Wada (Agncia Mundial Antidoping). O que conta a favor que, em agosto, o laboratrio estar em frias e poderia absorver a demanda.

A expectativa a de que sejam realizados entre 5.000 e 6.000 testes antidoping durante a Olimpada, de 5 a 21 de agosto.

Caso o uso de um laboratrio no exterior seja necessrio, haver demora no processamento das amostras de sangue e urina. Isso tambm faria com que os custos de operao (pagamentos pelas remessas e servios dos franceses) fosse “enorme”, segundo fonte ouvida pela reportagem.

Se no Rio elas seriam analisadas quase instantaneamente, entre o envio a Paris e o anncio dos resultados haveria uma espera de at cinco dias.

Seria um expediente semelhante ao adotado durante a Copa do Mundo de 2014. Como o laboratrio carioca estava sem certificao poca, as anlises foram enviadas ao laboratrio de Lausanne, na Sua.

Uma outra hiptese aventada pelo comit organizador dos Jogos do Rio trazer tcnicos do exterior, com confiana da Wada, para operar os equipamentos e o laboratrio.

Segundo a Folha apurou, a suspenso do LBCD se deu por erros tcnicos, e no por defasagem de aparato.

O LBCD foi totalmente reformado aps investimento de R$ 188 milhes do governo federal. Do total, o Ministrio do Esporte bancou R$ 160 milhes e o Ministrio da Educao, R$ 28 milhes. Os desembolsos cobriram a construo de um novo prdio para instal-lo e a compra de equipamentos.

As autoridades brasileiras tm 21 dias a contar da notificao, na quarta-feira (22), para recorrer CAS (Corte Arbitral do Esporte) e tentar reverter a deciso da Wada.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook