Últimas

'Lastimo quando arbitragem tem influência decisiva no placar', diz Tite

Após a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, neste domingo (12), no Allianz Parque, o técnico do Corinthians, Tite, reclamou muito da arbitragem, que, segundo ele teve influência direta no resultado ao apitar falta polêmica para o Palmeiras antes de Bruno Henrique marcar o que seria o gol de empate do Corinthians no último minuto da partida.

“Eu lastimo quando a arbitragem tem influência decisiva no placar. Não sinto prazer em dizer isso. Eu vi o lance antes de vir para cá. Houve uma disputa de bola do Prass com o zagueiro, ela cai e há o gol. Há um fato que é determinante no resultado. Quando há um lance que é muito claro para mim, ele teve influência direta. Não quero ser privilegiado em nenhuma situação, mas essa ficou clara”, afirmou o treinador.

Apesar da reclamação, Tite reconheceu a boa partida do Palmeiras e afirmou que ter saído atrás no placar foi determinante, pois considerou o jogo equilibrado.

“O Palmeiras foi efetivo. Tem uma equipe veloz, e saiu na frente. Em clássicos isso é preponderante para vencer. Tivemos chances claras, uma ainda no primeiro tempo. Em jogos com essa característica, clássicos, quando se toma o gol antes é complicado. Depois das duas chances que tivemos no segundo tempo ficou um jogo aqui e lá”.

Na sequência, ao explicar a sua visão sobre a partida, Tite não conseguiu evitar de voltar à arbitragem.

“Sair na frente foi determinante. Apesar que… Não queria falar do [Raphael] Klaus [árbitro da partida]. Vocês são exigidos em alto nível na empresa de vocês. Eu tenho exigência em alto nível no meu trabalho. Não pode árbitros dessa grandeza terem tamanho erro e influenciar no placar”, lamentou.

“No início do jogo, houve alguns problemas de critério. A jogada do Giovanni, que abriu o braço para proteger a bola [e tomou cartão amarelo]. Eu fico muito à vontade porque o Corinthians é a equipe mais disciplinada do campeonato. Depois deu cartão para o Felipe… Ele estava atrapalhado hoje, e esse atrapalhar tirou um gol legítimo do Corinthians”, completou.

“O Felipe está fora da jogada, quem agride a bola é o Prass, ele disputa a bola com o zagueiro do Palmeiras. E o Felipe está do lado do Thiago Martins. Eu vi a jogada antes de vir para cá”, finalizou o treinador.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook