Últimas

Lionel Messi, o Todo Poderoso


O craque argentino mostra todo o seu potencial na disputa da Copa América Centenário

Poucas vezes Lionel Messi se sentiu tão à vontade com a Seleção da Argentina. Depois dos vices na Copa do Mundo e na Copa América, o atacante parece finalmente assumir a liderança da equipe na Centenário. Já são quatro gols na competição, embora tenha feito apenas um jogo como titular. 

Contra a Venezuela, além de marcar um gol e igualar Batistuta como o maior goleador da Argentina, comandou o meio de campo. O mapa de calor mostra sua atuação na criação pelo lado direito. Foi ali que saiu o passe primoroso para o primeiro gol de Higuaín na partida. Em alguns momento, talvez pelo cansaço, ficou mais recuado, mas dessa vez tem o apoio dos companheiros, que estão em ótima fase. 

Na mesma partida, mostrou características de várias fases de sua carreira. Começou aplicando dribles e mais dribles para furar a defesa venezuelana. Na sequência, mostrou que um ótimo assistente para gols. E por fim, fez aquilo que melhor sabe fazer: gol. Talentos naturais de um jogador que é muito completo.  

Messi tocou 66 vezes na bola. Foram 42 passes, com uma precisão de 83%. Recebeu seis faltas durante a partida e jogou do início ao fim, mostrando que está totalmente recuperado e será o capitão que a Argentina precisa. Messi sente que pode conquistar o mundo. Ele faz dentro de campo. Não há limites para o Todo Poderoso. 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook