Últimas

"Lionel Wessi" é versão irlandesa do craque do Barcelona

Meia tem apelido e música que ficaram conhecidos mundialmente após boa atuação contra Suécia

Antes da Eurocopa de 2012, Wes Hoolahan foi perguntado sobre suas chances de jogar o torneio pela Irlanda. Ele só tinha sido convocado uma vez para seleção, mas acreditou: “eu não desisti. Você nunca deveria parar de sonhar”. Porque às vezes os sonhos viram realidade. 

Na semana passada, em Paris, Wes se apresentou para o mundo aos 34 anos. No segundo tempo do jogo contra a Suécia, ele fez um belo gol contra a Suécia, em jogo que terminou 1 a 1. Foi apenas um ponto para a Irlanda, mas coroou um momento mágico para “Lionel Wessi”, como é conhecido o meia irlandês.

Hoolahan demorou para se tornar jogador de futebol por ser muito pequeno. Começou no pequeno Belvedere, mas depois foi recusado por times maiores, como Sunderland, Millwall, Ipiswich, etc…

Ele só virou profissional no Shelbourne e ficou lá até 2005. Superou um momento difícil na Escócia, pelo Livingston, e foi para o Blackpool. Após se destacar em 2008, foi para o Norwick City e começou a ter a liberdade que precisava para se destacar, com poucas responsabilidades ofensivas e boa movimentação ofensiva.

Mas na seleção irlandesa sua vida não foi fácil. O técnico Trapattoni não encontrou um lugar para em seu time pragmático, mais preocupado em destruir jogadas. Ele até foi convocado algumas vezes, mas só ganhou espaço em 2013, com Martin O’Neill no comando. 

Números da Irlanda na Eurocopa:

Ainda ficaram dúvidas se Wes poderia jogar em partidas fora de casa, com a Irlanda precisando marcar forte. Por isso ele ficou fora de partidas importantes, como contra Geórgia e Alemanha. Mas aos poucos ele ganhou a confiança de O’Neill a ponto de ser titular na estreia da Eurocopa. 

Em uma partida de grande exposição, ele foi premiado como melhor do jogo e ganhou elogios por toda Europa, que conheceu seu apelido de “Lionel Wessi” e também uma música em sua homenagem, que é baseada na melodia da música “Go West”, do Pet Shop Boys.

No jogo seguinte, contra a Bélgica, deu tudo errado. A Irlanda perdeu por 3 a 0, e Wes foi substituído por McGeady durante a partida. Então agora ele tenta timidamente desviar os holofotes e focar no jogo contra a Itália, nesta quarta-feira, que vale a permanência da Irlanda na Eurocopa. O time só terá chance de classificação se vencer esse difícil jogo contra a “Azzurra”.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook