Luis Segura deixa a presidência da AFA em dia de ameaça de bomba na entidade

O argentino deixou a sede após uma ameaça por telefone ter sido feito à Associação de Futebol da Argentina

O dirigente Luis Segura renunciou à presidência da Associação de Futebol Argentina (AFA) nesta segunda-feira (27), um dia após a derrotada da seleção na final da Copa América Centenário para o Chile. Segura comandava a entidade sul-americana desde a morte do ex-presidente Julio Grondona, em 2014.  


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Messi fica na sombra de Maradona | CR7 não faria o mesmo que Messi | Os piores da CA100


Antes de entregar a sua carta de demissão, Segura levou um susto na sede da AFA, em Buenos Aires. O local precisou ser evacuado durante a manhã, após uma ameaça de bomba ter sido feita por um telefonema. O então presidente deixou a sede e não voltou mais.  

A renúncia de Segura acontece em meio a um furacão na AFA e o motivo não são as derrotas nas últimas três finais de disputadas. A entidade pode ser banida pela FIFA, caso as eleições presidenciais não aconteçam na próxima quinta-feira (30). A Justiça da Argentina bloqueou o processo eleitoral, o que vai contra as regras da FIFA de influência política no futebol. 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook