Mourinho coloca 13 jogadores em lista de negociáveis do Manchester United, segundo jornal

Treinador português quer fazer mudanças no seu plantel e, para isso, estaria disposto a vender nomes importantes nas últimas temporadas dos Red Devils

José Mourinho quer fazer algumas mudanças no elenco do Manchester United e, para isso, está disposto a vender pelo menos 13 jogadores que atualmente defendem o clube, entre eles alguns nomes importantes nas últimas temporadas. Pelo menos é o que garante o jornal El Confidencial.


GOALLEIA MAIS: GOAL
Pato tem futuro incerto | “Coutinho deveria jogar no Barça” | Transferência de Vardy pode melar


De acordo com o veículo, Mourinho se encontrou com o diretor executivo dos Red Devils, Ed Woodward, na última sexta-feira, para conversar sobre o plantel para a temporada 2016/17, e lhe deu uma lista com 13 nomes que estão na equipe e podem ser negociados.

Segundo o jornal, Ashley Young, Marcos Rojo, Sergio Romero, Marouane Fellaini, Antonio Valencia, Matteo Darmian e Bastian Schweinsteiger estão na lista. Young e Fellaini foram importantes em alguns poucos momentos, mas na maior parte da última temporada não produziram muita coisa, Romero é o goleiro reserva, e Rojo, Valencia, Darmian e Schweinsteiger decepcionaram e sofreram com lesões.

(Foto: Getty Images)

O que chama atenção, porém, são outros quatro nomes: Juan Mata, Ander Herrera, Memphis Depay e Luke Shaw. Os dois primeiros foram nomes importantes para o Manchester United na última temporada, com algumas grandes atuações, e estão entre os melhores do time. Depay não rendeu o esperado, mas é ainda é jovem, fez apenas sua primeira temporada na Inglaterra, está se adaptando e tem muito talento e potencial, o que torna uma provável saída surpreendente. Shaw, por sua vez, é um dos melhores laterais-esquerdos do país e da Europa, e passou boa parte da temporada contundido. Também seria estranho abrir mão dele.

Ainda segundo o jornal, Mourinho estaria desesperado para manter David de Gea nos Red Devils. O goleiro segue na mira do Real Madrid.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook