Últimas

Narradora de futebol é alvo de insultos na Alemanha

Claudia Neumann fez história na televisão alemã como a primeira mulher a narrar partidas de futebol masculino numa Eurocopa. Nesta edição do torneio, a jornalista esportiva foi a voz nas transmissões de País de Gales e Eslováquia e Itália e Suécia. Sua narração, no entanto, provocou críticas nas redes sociais, incluindo ameaças violentas.

Usuários das redes sociais enviaram e postaram vários comentários nos diversos sites e canais da emissora pública alemã ZDF, não para expressar queixas sobre o jogo, mas para criticar, humilhar e ameaçar a jornalista esportiva.

A escolha de Neumann parar narrar partidas da Eurocopa 2016 enfureceu inúmeros torcedores de futebol. Muitos postaram reclamações sobre sua “voz irritante”, enquanto outros disseram que mulheres não deveriam narrar jogos de futebol masculino. Um usuário escreveu no Twitter: “As mulheres não devem narrar futebol masculino. Simplesmente não funciona. É irritante. Ponto.”

A estreia de Neumann na Eurocopa foi em 11 de junho, na partida entre País de Gales e Eslováquia, vencida pelos galeses por 2 a 1, em Bordeaux. Após o jogo, telespectadores insultaram e atacaram a jornalista com citações misóginas e até ameaças de estupro.

As críticas aumentaram depois da segunda partida narrada por Neumann: a vitória por 1 a 0 da Itália contra a Suécia, na última sexta-feira (17), em Toulouse. Usuários postaram mensagens que iam desde críticas sobre erros na identificação de jogadores, sobre sua voz e até com insultos sexistas.

“Na ZDF tem uma mulher narrando o jogo de futebol. Agora só falta o papado e fazer baliza [estacionar de ré]”, escreveu um usuário no Twitter. Um usuário chamou Neumann de lésbica, outro questionou se ela tinha autorização de sair da cozinha e outro disse que mulheres deveriam dar à luz bebês e não narrar partidas de futebol.

Neumann, que trabalha desde 1999 na redação de Esportes da ZDF, é também a primeira mulher a narrar na televisão alemã uma partida de uma Copa do Mundo – em 2011, no Mundial de futebol feminino, sediado na Alemanha.

Reprodução/Twitter/@Shkspr80
Postagens no Twitter com insultos para Claudia Neumann,narradora de futebol na Alemanha
Postagens no Twitter com insultos para Claudia Neumann,narradora de futebol na Alemanha

EMISSORA “CHOCADA”

Apesar de esperar algumas críticas após os jogos, o chefe do departamento de Esportes da ZDF disse não conseguir acreditar na “formulação dura” dos comentários que foram publicados nos canais públicos da emissora. “Estou chocado”, disse Dieter Gruschwitz, classificando alguns comentários nas redes sociais de “crítica antissocial”.

Numa publicação em sua página oficial no Facebook, a ZDF comunicou que inúmeros comentários “ofensivos” foram deletados. “Se você não consegue tomar parte objetivamente na discussão, iremos bloqueá-lo”, advertiu a emissora, acrescentando que “os insultos não são opiniões e não serão tolerados”.

“NÃO VOU DEIXA-LOS ACABAR COM MINHA PAIXÃO”

A narradora, no entanto, reagiu bastante tranquila às críticas. “Ei, pessoal, é apenas futebol”, disse à agência alemã de notícias esportivas SID, acrescentando que a reação nas redes sociais contra ela “é absolutamente ridícula”.

“A maioria dessas pessoas nem eram nascidas quando eu já estava dando meus primeiros pontapés numa bola”, afirmou. Quando questionada sobre como está lidando com a avalanche de críticas online, Neumann disse esperar que seu trabalho ajude mais mulheres a entrar na narração esportiva.

“Se ajudar a tornar mais fácil o caminho para algumas jovens colegas do sexo feminino, está tudo bem! Eu consigo aguentar”, garantiu Neumann. “Não vou deixá-los acabar com minha paixão e minha profissão.”

Obviamente, também teve usuários que defenderam a narradora nas redes sociais, enaltecendo o trabalho de Neumann. Alguns a chamaram de “heroína”. Embora Neumann tenha sido escalada somente para narrar partidas da fase de grupos, há usuários fazendo campanha nas redes sociais para que ela assuma o microfone na final da Eurocopa 2016.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook