Neymar se desculpa após dizer que 'babacas' falariam após eliminação

Após chegar ao Brasil, nesta terça-feira (14), Neymar se desculpou pelo desabafo que fez nas redes sociais depois da eliminação da seleção brasileira na Copa América Centenário.

O jogador disse que ficou chateado com a eliminação e revoltado com as “palavras que ouviu e leu dirigidas aquelas atletas”. Neymar ainda atacou a imprensa.

“Há uma minoria que também “se excede” com o microfone ou a caneta em mãos, mas como disse, é uma minoria”, escreveu.

No post divulgado no domingo, o atacante do Barcelona, que passava férias nos EUA, disse que vai aparecer “um monte de babaca para falar merda, Foda-se. Faz parte, futebol é isso”.

Nos EUA, Neymar participou de alguns compromissos comerciais no país e chegou a ver a vitória do Golden State Warriors sobre o Cleveland Cavaliers no segundo jogo da final da NBA.

Antes de postar a primeira mensagem, Neymar apareceu se divertindo em uma festa na piscina de um hotel em Las Vegas (Estados Unidos).

Neymar ficou fora da Copa América Centenário após um acordo entre a CBF e o Barcelona, que optou por liberá-lo para disputar apenas os Jogos Olímpicos.

LEIA A POSTAGEM NA ÍNTEGRA

“Meus cinco minutos no Brasil foram suficientes para perceber que meu post/desabafo no Instagram tinha tido uma repercussão negativa, gigante por aqui. O que ouvi das pessoas que me receberam no aeroporto foi que eu “me excedi”… Admito… Sim, eu “me excedi. PEDIR DESCULPAS a todos os que se sentiram ofendidos é o mínimo que posso fazer”.

“Escrevi aquilo após o resultado do Brasil contra o Peru, e fiquei muito chateado com a eliminação e revoltado com as palavras que ouvi e li dirigidas aqueles atletas, afinal sou parte daquele grupo. Há uma minoria que também “se excede” com o microfone ou a caneta em mãos, mas como disse, é uma minoria. Mirei em meia dúzia e acertei em milhares, milhões… Acabei de ler um artigo do Renato Rodrigues, da ESPN, com o título ‘Neymar expôs o “nós contra eles”, que não é bom para ninguém no futebol brasileiro’. Concordo com ele. Essa discussão não é boa para o nosso futebol e sem querer caí na armadilha. A camisa amarela é muito vitoriosa e para voltarmos a vencer precisamos estar juntos e principalmente nos respeitarmos e conhecermos as dificuldades uns dos outros. E no meu post faltei com o respeito com todos, jornalistas e fãs.
Agora é pedir desculpas e seguir em frente, aproveitar o restante de minhas férias e daqui a pouco começar a preparação para as Olimpíadas. É o nosso objetivo agora.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook