Últimas

Olímpicos: Europeus identificam 18 sites que vendem ingressos sem autorização para a Rio-2016

Entidades europeias de defesa do consumidor identificaram 18 sites estão vendendo ingressos para os Jogos Olímpicos do Rio sem autorização oficial, quatro deles com indícios de fraudes.

Os  sites que podem ser acessados na Europa e são hospedados em diferentes países, como Rússia, Austrália, Macedônia e Espanha.

A Proteste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor), filiada à Consumers International, que congrega entidades similares de mais de 140 países, foi avisada do estudo, que envolve também a venda de ingressos não autorizados para jogos da Eurocopa-2016, na França.

As empresas que estão oferecendo ingressos para a Rio-2016 são: Ticket Bis, GetTickets, Tickests4SummerGames, e os sites Sportsevetns365.com e doctorticket.com.

“O que podemos garantir é que nenhuma destas empresas tem o direito de venda dos ingressos dos Jogos. Quem adquirir entradas nestes sites corre o risco de não receber seus ingressos, de receber ingressos já cancelados ou até mesmo ingressos falsos”, afirma o comitê organizador da Rio-2016.

O Comitê ainda reforça que a única forma de adquirir ingressos é através do site rio2016.com. Qualquer denúncia deve ser feita pelo email:  monitoramento@rio2016.com

Na semana passada, a Folha revelou o caso da empresa inglesa THG Sports, que oferece pacotes VIPs (chamados “hospitality”) para os Jogos do Rio, ilegalmente, e, por isso, responde a um processo na Justiça brasileira pode levantar várias dúvidas nos torcedores que ainda desejam comprar ou os que já adquiriram seus tíquetes olímpicos e paraolímpicos.

Por isso, à Folha, o diretor de ingressos do comitê organizador dos Jogos do Rio, Donovan Ferreti, esclareceu os riscos da compra de tíquetes nestes sites.

“Não necessariamente são ingressos falsos”, afirma Ferreti. “[A venda sem autorização] Além de ser um cambismo, é uma quebra das condições e termos que se aderiu quando comprou os ingressos. Quando você compra e anuncia, você quebra os termos e condições que aceita. Então posso não apenas cancelar seu ingresso como não te reembolsar o valor que você pagou. Perde o ingresso, este é cancelado. Mesmo que tenha recebido o ingresso em mãos, nós, como comitê, temos direito de cancelar o ingresso, que volta a venda”, explica o diretor do comitê Rio-2016.

Dos seis milhões de ingressos disponíveis para venda, 4 milhões já foram comprados.

ingresso

 


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *