Últimas

Ora Bolas: Novo treinador do Porto já sabe que não contará com Maicon

Emprestado ao São Paulo até o fim de junho, ex-capitão do Dragão está na mira de times da Espanha e da França



GOAL Por Bruno Andrade


Apresentado na semana passada como novo treinador do Porto, Nuno Espírito Santo já começou a trabalhar de olho na próxima temporada. Em reunião com a diretoria do Dragão, o comandante português ouviu que Maicon não faz parte dos planos. Emprestado ao São Paulo até 30 de junho, o zagueiro brasileiro está “queimado” com o presidente Jorge Nuno Pinto da Costa e, por isso, será negociado “de um jeito ou de outro”.

No fim de fevereiro, vale lembrar, o Blog Ora Bolas antecipou que a cúpula portista estava decidida a abrir mão do defensor, que tem contrato até 2018. Ídolo da torcida e então capitão da equipe, ele perdeu moral ao pedir para ser substituído depois de falhar no jogo contra o Arouca (derrota por 2 a 1), válido pelo Campeonato Português desta temporada.


(Fonte: Rubens Chiri/São Paulo FC/Divulgação)

O Porto, que inicialmente gostaria de receber 15 milhões de euros (R$ 60 milhões) para liberar Maicon, agora pede entre 7 e 8 milhões de euros (entre R$ 28 e R$ 32 milhões). Ainda assim, os valores estão fora da realidade do São Paulo, que tentou sem sucesso oferecer jogadores em troca. Para piorar o lado do time paulista, clubes da Espanha e da França têm demonstrado interesse na contratação do atleta de 27 anos.

Substituto de Maicon

Com Maicon descartado, o Porto fechou a contratação de Felipe, do Corinthians. O Dragão acertou a compra de 75% dos direitos econômicos do zagueiro do Timão por 6 milhões de euros (R$ 24 milhões). Ele é esperado em Portugal na primeira semana de julho para assinar contrato válido por cinco temporadas.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook