Palmeiras tem defeitos fora de casa e enfrentará desafio contra Fla no RJ

Time de Cuca ainda não se acertou defensivamente e erra feio quando precisa jogar mais recuado


GOAL Por Allan Brito 


No Campeonato Brasileiro de 2016, o Palmeiras fez três boas apresentações em casa, mas perdeu os dois jogos que teve como visitante. Na temporada, o desempenhou fora de casa também é ruim: 16 pontos em 13 jogos (41% de aproveitamento). E neste domingo o time vai até o Rio de Janeiro para enfrentar o Flamengo com a missão de resolver esse seu defeito. Mas com a certeza de que não terá facilidade.

Além de enfrentar um time que está em alta, na 4ª posição, será difícil pela própria característica do Palmeiras. É um time construído a partir do ataque, que ainda está muito fraco defensivamente. Ou seja, quando atua fora de casa, o time alviverde tenta ser mais cauteloso e recuar, mas não sabe fazer isso e fica perdido, sem atacar como pode nem defender como deve.

Números do Palmeiras no Brasileirão 2016:

A falta de compactação no meio-campo é um dos piores problemas do Palmeiras. É exatamente isso que um time precisa fazer para jogar recuado: diminuir a distância entre a linha de zagueiros e a linha de meio-campistas, deixando o adversário com menos espaço para jogar. Mas isso ainda está descordenado no time, que se preocupa com a questão.

“Acho que ofensivamente nós criamos muito, mas tem de tomar cuidado principalmente defensivamente. Tomamos uns gols que não pode tomar, principalmente time que quer ser campeão”, alertou Jean. “Mesmo com a vitória temos de acertar muita coisa. Tomamos uns gols que pelo amor de Deus, não tem como tomar, não”, pediu Vitor Hugo.


Palmeiras perdeu para São Paulo fora de casa (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

Os espaços deixados pelos laterais também são um problema para o Palmeiras. A troca de posições entre Jean e Tche Tchê ainda não está afinada. E na esquerda o problema é pior ainda, pois Egídio não marca bem, mas Zé Roberto tem sido pior. Kelvin e Edilson aproveitaram bem os espaços que ele deixou nos últimos dois jogos.

Se quiser ir longe, o Palmeiras precisa crescer defensivamente, o que lhe dará mais condições de pontuar fora de casa. É difícil que um time consiga ser campeão brasileiro sem ter pelo menos 50% de aproveitamento como visitante. E no momento é difícil imaginar o Palmeiras com esse desempenho.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *