Últimas

Paralisação nacional dos trabalhadores da Codevasf fecha sede da empresa em Penedo (AL)

Os empregados públicos federais da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em Alagoas paralisarão suas atividades nesta terça-feira, 21 de junho. O movimento dos trabalhadores da Codevasf integra uma paralisação nacional que pretende mostrar para a direção da empresa o descontentamento dos trabalhadores com as negociações do acordo coletivo de trabalho 2016/2017, que apresentam avanços significativos para os direitos dos trabalhadores da empresa pública de Desenvolvimento Regional.

Em Alagoas, a paralisação atinge todas as unidades da Codevasf. A concentração das atividades do movimento de paralisação ocorrerá na sede da 5ª Superintendência Regional da Codevasf em Penedo (AL), às 9 horas desta terça-feira, 21 de junho.


Na portaria do prédio da 5ª SR, os empregados farão uma assembleia permanente e receberão os colegas e à imprensa local para explicar a população os motivos do movimento.

Caso as negociações do Acordo Coletivo de Trabalho dos empregados da Codevasf não avancem, já foi aprovado um indicativo de GREVE, que poderá ter início no dia 05 de julho. 

Segundo o presidente da Seção sindical Penedo do Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário (Sinpaf), Jimy Carter, estas deliberações decorrem da proposta do índice de reajuste salarial oferecido pela Codevasf e que não contempla a categoria, entre outras demandas apresentadas pelos trabalhadores à empresa e até agora não atendidas.

"A Codevasf apresentou uma proposta de 5,5% de reajuste, que não contempla a categoria, que pleiteia um aumento real a partir de 9,28% mais o PIB agrícola, além do reajuste do IPCA Alimentício Nordeste para o Vale-Alimentação", explicou o presidente da seção sindical do Sinfaf em Penedo (AL).

"Todavia, outras demandas também estão no cerne de solicitações do sindicato da categoria, o SINPAF, como a realização de concurso público, novo plano de cargos e salários, aumento da duração do auxílio creche e a licença paternidade, além de um programa claro para promoção da qualificação profissional dos funcionários da empresa", completou.

SERVIÇO

Evento: Paralisação Nacional dos Trabalhadores da Codevasf
Data: 21 de junho, terça-feira.
Horário: 8 horas
Local: Superintendências Regionais da Codevasf
Organização: SINPAF – Seções Sindicais

 

da redação com Sinpaf

Foto Boa Informação

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook