Paris contrata caminhões de lixo para enfrentar greve durante a Euro-16

Em meio à greve do setor público, autoridades francesas enviaram caminhões privados de coleta de lixo para limpar as ruas de Paris nesta sexta-feira (10), data de abertura da Eurocopa.

“Todo o lixo será retirado, começando agora, hoje”, disse a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, acrescentando que cerca de 50 caminhões foram enviados durante a noite e mais 30 na manhã de sexta-feira para se livrar do lixo que estava empilhado por conta da greve dos garis. “Obviamente vai demorar alguns dias”.

Além da preocupação com a sujeira nas ruas, já que sacos de lixos estão empilhados em vários pontos, Paris se preocupa também com o transporte público. O ministro do Transporte, Alain Vidalies, disse que condutores de trens serão forçados a garantir transporte para torcedores caso necessário.

“Não haverá mais negociações. Não há motivo para continuar a greve caso não seja por razões políticas”, disse Vidalies.

As disputas foram iniciadas por planos do governo de tornar contratação e demissão mais fáceis com uma nova reforma trabalhista.

O presidente François Hollande advertiu na quinta-feira que seu governo tomará “todas as medidas necessárias” para garantir o êxito da Eurocopa-2016, apesar das muitas greves.

O primeiro jogo da Euro será entre França e Romênia, às 16h (horário de Brasília) desta sexta-feira.

Aos problemas logísticos das greves se soma o medo de atentados, com as lembranças dos ataques registrados em 2015 em Paris ainda muito presentes.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook