Últimas

Pelé defende Dunga e diz que seleção está em boas mãos com Tite

A chegada de Tite à seleção brasileira agradou a Pelé. Apesar de defender Dunga, demitido na última terça-feira (14), após a eliminação da equipe na Copa América Centenário, o ex-jogador disse que o time nacional está em “boas mãos” com o ex-técnico do Corinthians.

“Eu acho que foi merecido, a única coisa que gostaria de chamar a atenção do povo brasileiro é que o Dunga não teve nada a ver com o que aconteceu com a seleção. Ele é um técnico sério. Mas a seleção está em boas mãos com o Tite, sem dúvida nenhuma, tem capacidade para isso”, afirmou Pelé.

Ele foi homenageado pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) nesta quinta-feira, em Santos. O presidente da entidade, o alemão Thomas Bach, foi a Santos para encontrar o ex-jogador e levou de presente uma comenda olímpica, uma espécie de homenagem padrão que o Comitê Olímpico Internacional oferece em situações especiais.

“Tudo que o Pelé fez dentro e fora do esporte foi para reforçar os valores do esporte. No caso do Pelé, a discussão sobre se ele merecia ou não a honraria durou alguns segundos” declarou Bachi em seu discurso.

Após o evento, o Rei do futebol disse estar bem de saúde, após ter passado por uma cirurgia no final de 2015.

“Graças a Deus estou bem. Estava brincando que depois de jogar 30 anos e cinco anos no New York Cosmos eu só tive que trocar a chuteira do hip [quadril] agora. Mas está tudo bem”, afirmou.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook