Quase um terço das comemorações no futebol são religiosas


28/06/2016 – 21:00


Agradecer a Deus pelos gols é prática recorrente no Campeonato Brasileiro




Quase um terço das comemorações no futebol são religiosas
Bruno Rangel, artilheiro do Brasileirão com 7 gols, costuma comemorar apontando para o céu

Das 249 comemorações de gols marcados na Série A do Campeonato Brasileiro, 27% foram menções religiosas, segundo um levantamento feito pela Band.

Dos atletas que marcaram esses gols, 68 deles aproveitaram o momento para agradecer à Deus, pelo desempenho no jogo. Entre as ações identificadas pela emissora estão: apontar com o dedo para o céu, se ajoelhar no gramado, fazer o sinal da cruz e outros.

Comemorações religiosas são algo comum entre os atletas brasileiros, mais comum que as declarações de amor que os atletas fazem para suas esposas como fazer um coração com as mãos ou beijar a aliança.

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) já chegou a ser notificada pela Fifa sobre essas comemorações em 2010 por conta da Copa do Mundo.

Na época, além de gestos religiosos, alguns atletas comemoravam também mostrando mensagens na camiseta, algo duramente criticado pela Fifa.

Mas os demais gestos continuam sendo realizados pelos jogadores que, no calor da emoção, se mostram gratos à Deus por marcarem gols. E isso não acontece apenas na série A, no jogo entre Macaé e Portuguesa, pela Série C do campeonato, os atletas do Macaé se ajoelharam e falavam “glória a Deus” depois que Magnum marcou o segundo gol e garantiu a vitória do time.


Fonte: Gospelprime.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook