Últimas

Rio-16 pede a Michel Temer ajuda financeira para cerimônia

O comit organizador da Olimpada pediu ajuda financeira ao governo federal para as cerimnias de abertura e encerramento da Olimpada e Paraolimpada. A solicitao, feita atravs do prefeito Eduardo Paes (PMDB), de R$ 250 milhes.

O desafio agora descobrir como dar esse apoio a 50 dias dos Jogos. O pedido, feito na reunio de tera (14), foi revelado nesta quarta (15) pelo jornal “O Globo”.

A previso legal que permitia Unio cobrir dficit do comit organizador foi revogada pela presidente afastada Dilma Rousseff no ano passado. Um dos objetivos era tirar a Rio-16 da fiscalizao do TCU (Tribunal de Contas da Unio).

Uma das hipteses a celebrao de um novo patrocnio com uma empresa estatal. O Correios j patrocinador nvel 1, pagando R$ 300 milhes.

Outra opo seria a aquisio de equipamentos diretamente pela Unio —como foi feito com itens esportivos. Mas a demora em licitar torna essa alternativa praticamente invivel.

“Vamos discutir nos proximos dias como vamos ajudar, se vamos patrocinar ou no”, disse o ministros dos Esportes, Leonardo Picciani (PMDB).

O pedido foi feito aps a apresentao de detalhes sobre como ser a cerimnia. Aps a exibio de um filme, Paes pediu a verba.

O comit afirma que tem como meta manter seu oramento de R$ 7,4 bilhes apenas com recursos privados, provenientes de patrocnios e venda de ingressos.

Contudo, a entidade vem implementando uma srie de cortes de despesas para tentar manter as contas balanceadas. A Rio-16 tambm conta, alm do patrocnio da estatal, cerca de R$ 350 milhes atravs de renncia fiscal do Estado do Rio.

Um eventual dficit no resultado financeiro do comit aps os Jogos tem garantia de cobertura do governo do Estado, em grave crise financeira, e a Prefeitura do Rio.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook