Últimas

Roberto de Andrade confirma acerto de Tite e diz: " A CBF não merece alguém como ele"


Treinador já não comanda a equipe no duelo desta quinta-feira contra o Corinthians

Depois de se reuniar com o presidente Marco Polo Del Nero na noite da última terça-feira e conversar com os dirigentes do Corinthians, o treinador decidou aceitar o convite para dirigir a Seleção Brasileira.

 

Em entrevista coletiva,  nesta quarta-feira (15), o presidente Roberto de Andrade anunciou a saída do treinador que não comandará mais a equipe e demonstrou bronca com a CBF.

 

 

Confira os principais trechos da coletiva:

 

Tite fora do Corinthians:

 

 

 

“Tite a partir deste momento não trabalha mais conosco. Ele aceitou o convite da CBF. Hoje à tarde foi o último treino dele. No jogo de quinta e amanhã ele não dirige mais o time. Junto com ele sai Cleber Xavir, Matheus e Edu Gaspar. “Eu achava que ele não ia aceitar, mas ele resolveu aceitar”

 

Novo treinador:

 

“Não deu nem tempo de procurar. Para ser bem honesto, fui a primeira pessoa que Tite comunicou, há duas horas. Nem pensei nisso. Eu achava que ele não iria, mas fui surpreendido com a notícia de que ele irá. Não pensei em nomes, vou pensar a partir de agora. Fabio Carille fica no banco nos próximos jogos”

 

Irritação com a CBF:

 

“Estou chateado com a CBF para ser bem exato, pela maneira que eles vieram. Não recebi um telefonema do presidente da CBF. Esse é o respeito. Hoje tentou falar comigo depois de tudo resolvido. O Corinthians merecia mais respeito. Tite merece a seleção brasileira, pelo seu trabalho. A CBF não merece uma pessoa como Tite, pela forma sorrateira que tiraram Tite”

 

Mais bronca com a CBF:

“Para que preciso da CBF? Organiza para todo mundo, vão tirar o Corinthians? Não preciso deles para nada. Quero que respeite o Corinthians, é o que exijo. Isso faltou. Não tenho medo de nada, vão colocar juiz para apitar contra? Isso não existe”

Mágoa do Tite:

De forma nenhuma, temos de agradecê-lo, evoluímos muito com ele, só temos a agradecê-lo”

Mágoa do Tite:

De forma nenhuma, temos de agradecê-lo, evoluímos muito com ele, só temos a agradecê-lo”

Sobre Tite não comandar o Corinthians contra o Fluminense:

“Eu não quis (Tite na quinta-feira). Tenho que pensar no Corinthians. Entendo que seria um desgaste grande para o Tite aqui com anúncio de ter saído. Desde que fomos avisados, não faz mais parte. Preferi dessa forma”

Triste com a perda do treinador:

“Triste a gente fica porque vai perder o convívio diário com uma pessoa que você admira, mas a gente fica feliz porque ele vai para um lugar que sempre almejou. Não torço para a seleção, mas sim para o Corinthians. Torço para que ele faça um bom trabalho, não é fácil trabalhar na CBF. É um fardo”

Mano Menezes:

“O Mano Menezes não vem trabalhar comigo aqui, não quero, não é o perfil que eu gosto”

Ruptura com a CBF:

“Não ceder jogadores é prejudicar o jogador e não a CBF. E o voto no Coronel Nunes é voto pela federação. Meu voto não ia mudar, nem lá eu fui. Não sei se chamo de ruptura, mas satisfeito não estou. Podemos chamar de ruptura sim”


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook