Últimas

São Paulo 1 x 2 Atlético-PR: Furacão sai atrás mas bate o Tricolor de virada no Morumbi


Equipe paranaense não vencia o São Paulo como visitante há 33 anos

O ditado mais famoso do futebol já dizia: quem não faz, leva. Depois de muito dominar a partida e acertar três bolas na trave, o São Paulo acabou derrotado pelo Atlético-PR, de virada, neste sábado, no Morumbi, em partida válida pela sétima rodada do Brasileirão. Maicon abriu o placar para o Tricolor, mas Otávio e Hernani anotaram para o Furacão no segundo tempo.

Com o resultado, o Atlético chegou aos mesmos 10 pontos do São Paulo na tabela de classificação, mas ocupando a oitava colocação. O Tricolor, que tinha a oportunidade de entrar no G4 nesta rodada, fica em sexto lugar.

O Jogo

O Tricolor dominou amplamente o primeiro tempo, mas teve dificuldades de transformar a soberania em chances claras de gol. A melhor delas foi aos 3 minutos, quando Maicon, cobrando falta, carimbou a trave de Weverton. Aos 15, praticamente cara a cara com o goleiro, Ytalo desperdiçou uma boa oportunidade batendo para fora. Aos 41, Maicon, um dos melhores em campo, apareceu de novo, e, desta vez, a trave não ficou no caminho. Kelvin cobrou escanteio pela direita e o zagueiro subiu no meio da defesa atleticana para testar para o gol: 1 a 0.

O panorama da partida não mudou muito no começo do segundo tempo. O Tricolor acertou o poste mais duas vezes, primeiro com Ytalo, que, em um chute, conseguiu carimbar as duas traves de Weverton antes de Alan Kardec escorregar e perder a chance de completar no rebote para o gol vazio; depois foi a vez de Kelvin fazer uma jogadaça individual e, no chute rasteirinho, meter a bola no pé da trave.

Foi então que os ventos frios da noite gélida na capital paulista mudaram. Paulo Autuori mexeu na equipe, o Atlético melhorou e surpreendeu. Aos 23, Léo foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para a entrada da área, onde Otávio apareceu totalmente livre de marcação para bater colocado, no cantinho de Denis: 1 a 1. O Tricolor partiu para cima atrás do segundo, mas, numa cobrança de escanteio de Nikão, já aos 43, Hernani, de cabeça, virou: 2 a 1.  Nervoso e com a torcida pegando no pé de alguns jogadores – tendo Alan Kardec como principal alvo -, o São Paulo não conseguiu reagir e sofreu sua segunda derrota como mandante neste campeonato.

A equipe de Edgardo Bauza volta a campo na próxima quarta-feira, quando recebe o Vitória no Morumbi. No mesmo dia, o Atlético-PR vai ao Moisés Lucarelli enfrentar a Ponte Preta.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook