Últimas

São Paulo 2 x 1 Fluminense: No duelo de tricolores, São Paulo leva a melhor sobre o Flu

Equipe estava sem vencer há três rodadas

No duelo de Tricolores da rodada, deu São Paulo. Depois de três rodadas sem vitória, a equipe de Edgardo Bauza derrotou o Fluminense por 2 a 1 no Morumbi, em partida válida pela 12ª rodada do Brasileirão. Os gols foram marcados por João Schmidt e Alan Kardec. Cícero, de pênalti, descontou.

A vitória levou o São Paulo à sétima colocação, com 18 pontos, ultrapassando o Fluminense. O Tricolor Carioca, que tem 16 pontos, caiu para o 11º lugar. O Flu volta a campo no próximo sábado, contra o Coritiba, no Raulino de Oliveira. Já o São Paulo viaja para o interior do estado, onde encara a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, domingo.

O Jogo

Mal a bola saiu do círculo central e ela já estava de volta. Com menos de dois minutos, o São Paulo abriu o placar com João Schmidt, que pegou uma sobra depois de cobrança de escanteio e emendou de primeira: 1 a 0. Melhor na partida, o Tricolor Paulista dominou o restante do primeiro tempo, mas criou pouquíssimas chances claras de gol. Isto, até os 40 minutos, quando Alan Kardec desencantou.

O atacante recebeu um cruzamento perfeito de Michel Bastos e cabeceou em cheio, sem chance de defesa para Cavalieri: 2 a 0. Por parte do Flu, apenas uma real chance de gol, aos 37, quando Maranhão fez boa jogada na linha de fundo e, muito parecido com o lance do segundo gol são-paulino, cruzou na cabeça de Cícero, livre na pequena área. O meia testou para baixo com tanta força que a bola quicou no gramado e saiu.


Alan Kardec voltou a marcar depois de 90 dias de jejum (Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)

Levir Culpi conseguiu melhorar a produtividade do Flu na segunda etapa, e o time cresceu de produção. Mas a primeira grande chance, novamente, foi do São Paulo. Com apenas 4 minutos, Thiago Mendes carimbou o travessão com uma batida forte de fora da área. Aos 8, o árbitro assinalou pênalti de João Schmidt, que, de braços abertos, bateu a mão na bola dentro da área. Cícero foi para a cobrança e descontou: 2 a 1.

Quem esperava ver uma partida mais dinâmica, com o Flu correndo atrás do empate, se decepcionou. Com muitos erros de ambos os lados, foram poucas chances de gol e o Tricolor Carioca nunca chegou a pressionar realmente. O time reclamou um pênalti não marcado aos 31 minutos, quando Maicon claramente derrubou Osvaldo na pequena área. Daronco mandou seguir. Pouco antes do fim, Ganso, que entrou no segundo tempo, sentiu uma lesão na coxa e ficou em campo só para fazer número. A situação do meia preocupa para a Libertadores.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook