Últimas

São Paulo conta com retorno de Calleri para melhorar ataque no Brasileirão

Com apenas seis gols marcados, Tricolor tem o segundo pior ataque da competição nacional

O técnico Edgardo Bauza deixará para definir a escalação do São Paulo para o confronto contra o Vitória nesta quarta-feira (15), no Morumbi, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, apenas momentos antes de a bola rolar. Apesar disso, já está certo que Calleri, que esteve ausente nos últimos cinco jogos, vai para o jogo.

Artilheiro do São Paulo na temporada, com 12 gols, o argentino é a principal esperança para que a equipe melhore o seu desempenho ofensivo no Brasileirão. Até aqui, o Tricolor tem o segundo pior ataque da competição nacional ao lado de Fluminense e América-MG, com apenas seis gols marcados em sete jogos. O Botafogo é o time que menos balançou as redes, apenas quatro vezes.

Confira os números do São Paulo no Brasileirão:

Enquanto Calleri esteve ausente, Alan Kardec teve a tão esperada sequência como titular, mas não conseguiu marcar nenhum gol. Em 29 jogos em 2016, o centroavante colocou apenas uma bola dentro da rede.

“Talvez sim (pior fase da carreira), talvez sim. As coisas não têm acontecido da maneira que eu queria. Espero que isso possa mudar”, afirmou Kardec após a derrota do São Paulo para o Atlético-PR no último sábado (11).

Confira os números de Kardec no Braisleirão:

Para o duelo contra o Vitória, o Patón ainda não definiu se usará Rodrigo Caio e Ganso, que se colocaram à disposição depois de voltarem dos Estados Unidos após a eliminação do Brasil na primeira fase da Copa América Centenário. O meia Michel Bastos, que estava próximo de voltar, treinou separado nesta terça-feira e ainda não deve ser relacionado.

A provável escalação do São Paulo para o confronto deverá ter: Denis, Bruno, Maicon, Lugano (Rodrigo Caio) e Matheus Reis; João Schmidt e Thiago Mendes; Auro, Ytalo (Ganso) e Centurión; Calleri.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Porto sobe o preço de Maicon | Tricolor 1 x 2 Furacão | Bauza sonha com Pato



Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook