Últimas

'Se não me sentir confortável, volto para o Rio', diz novo secretário do Esporte

Luiz Lima sente-se confortvel dentro d’gua. Nadador olmpico nos Jogos de Atlanta-1996 e Sydney-2000, especialista em maratonas aquticas desde que se aposentou das piscinas, o carioca de 38 anos agora vai precisar se adaptar ao gabinete em Braslia, onde ser o novo secretrio de alto rendimento do Ministrio do Esporte.

Nesta quarta-feira (8), Lima ir a Braslia conhecer a pasta e saber mais detalhes sobre o funcionamento do Ministrio no qual deve comear a trabalhar a partir da prxima semana. Folha, o nadador j antecipou qual ser sua postura no cargo.

“Entro sem partido, no sou poltico. Meu partido o Brasil, so os atletas. Se eu no me sentir confortvel, volto para o Rio”, afirma.

O anncio do nadador para a secretaria de alto rendimento foi feito na ltima sexta (3) pelo ministro Leonardo Picciani (PMDB-RJ), 36, pelas redes sociais. Lima diz que, apesar de morarem na zona sul do Rio, se conheciam apenas “pela televiso”. Agora, ele assume uma das quatro secretarias do Ministrio (as outras so a executiva, a de futebol e direitos do torcedores, e a de esporte, educao, lazer e incluso social).

” a chance de fazer algo positivo para o esporte. Se voc chamado e recusa por medo ou insegurana, comete um erro. Minha primeira misso ser com os atletas, sejam da base ou campees olmpicos e mundiais. Eles so as estrelas”, diz Lima.

Antes dele, Picciani havia convidado para o cargo o jogador de vlei Dante, que chegou a visitar o Ministrio do Esporte h duas semanas.

Lima graduado em Educao Fsica, acumula ttulos como o dos Jogos Pan-Americanos de 1999, nos 400 m livre, em Winnipeg, e continua nadando em alto nvel provas em guas abertas. Na gesto, a experincia que possui como dono e treinador da equipe Gladiadores, criado em 2009 e um dos principais clubes para nadadores de maratonas aquticas no pas.

“No estou assumindo o cargo por dinheiro. Alis, j estou sentindo a presso de quem no enxerga minha boa vontade, de quem torce contra. Sei que um grande desafio, com muitas dificuldades, ainda mais em um tempo de crise. Por isso tenho a grande preocupao de que o dinheiro pblico seja bem empregado”, diz o nadador que aprova o trabalho feito por seus antecessores na pasta. Um dos ltimos secretrios de alto rendimento foi Ricardo Leyser, que acabou se tornando ministro depois.

“O Ministrio do Esporte fez muitas coisas positivas, isso eu posso falar como atleta. E no devemos mudar o que foi bom. Os atletas precisam ter boa infraestrutura e tcnicos capacitados –e importar tcnicos timo, mas temos que fomentar e distribuir conhecimento entre os nossos, seja no Norte do pas ou no Sul”, explica Lima, que s no quer abandonar as guas nesta mudana.

“Se eu parar de nadar, enlouqueo”.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook