Últimas

Sem Tite, Corinthians perde do Fluminense e deixa G-4

No seu primeiro jogo desde a saída do técnico Tite para a seleção brasileira, o Corinthians foi derrotado pelo Fluminense por 1 a 0 na noite desta quinta-feira (16), em Brasília, pelo encerramento da oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o time alvinegro, que foi comandado pelo então auxiliar Fábio Carille, teve a sua segunda derrota seguida na competição e saiu do G-4 ao continuar com os mesmos 13 pontos, na quinta colocação.

O jogo também foi marcado pelo retorno do goleiro Cássio ao time corintiano. Ele entrou na partida logo na volta dos vestiários, quando o titular Walter sentiu uma lesão muscular.

Foi o camisa 12 que sofreu o gol de Cícero, em rebote de um pênalti que o mesmo havia defendido, aos 16min do segundo tempo. Cássio não atuava desde a eliminação na Libertadores.

Agora, o Corinthians ainda deve ter Carille contra o Botafogo, no próximo domingo (19), em casa. A ideia da cúpula do Parque São Jorge é de realizar uma homenagem a Tite. A confirmação do técnico gaúcho é aguardada para esta sexta-feira (17).

O JOGO

Mesmo sem Tite, o Corinthians manteve o padrão de jogo do técnico gaúcho e dominou todo o primeiro tempo, apesar de alguns sustos nos contra-ataques em velocidade do Fluminense.

Em geral, o time alvinegro trocou melhor os passes e teve mais presença ofensiva. Porém, esbarrou na forte marcação carioca e criou poucas chances de finalização.

Nem a saída de Elias, que retornava da seleção brasileira, por causa de uma contusão diminuiu o ritmo da equipe paulista até o intervalo.

Quando conseguiu criar, Marquinhos Gabriel desperdiçou. O camisa 31 corintiano teve as duas melhores chances de abrir o placar antes do intervalo, mas finalizou mal em ambas as jogadas.

O Corinthians teve outra baixa no jogo logo na volta para o segundo tempo, quando o goleiro Walter sentiu uma lesão muscular e foi substituído por Cássio, que não atuava desde a eliminação do time na Libertadores.

O retorno do camisa 12, no entanto, não foi como ele gostaria. Aos 16min, ele sofreu o primeiro gol do jogo em um rebote após defender o pênalti cobrado por Cícero, que abriu o placar na segunda tentativa.

No lance que originou a penalidade, o zagueiro Yago levou o cartão vermelho pela falta e deixou o Corinthians com um jogador a menos em campo. Carille então promoveu a estreia de Camacho, contratado junto ao Audax.

Desta maneira, mesmo em inferioridade numérica, os corintianos não abdicaram do jogo ofensivo e pressionaram o Fluminense até o apito final. Mas esbarraram na retranca do time carioca e não conseguiram o empate.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook