Série B: Vasco perde invencibilidade e erro que pode anular partida

Time carioca foi derrota após 34 partidas; no duelo entre Londrina e Vila Nova, árbitro tomou decisão que não existe na regra

A Série B do Campeonato Brasileiro teve dois destaques neste sábado, um deles que pode gerar muita polêmica. Jogando em Cariacica, o Vasco perdeu a imensa invencibilidade que ostentava, de 34 partidas. Já no sul do país, um erro de arbitragem pode até anular o jogo Londrina e Vila Nova.

Sem contar com Nenê, a equipe carioca foi derrotado pelo Atlético-GO por 2 a 1, e não conseguiu atingir a maior invencibilidade da histórica de clube, de 35 jogos, do Expresso da Vitória, na década de 1940. Mas o time agora será lembrando como o que ficou mais jogos oficiais sem ser derrotado.


(Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

“Eu sou muito grato aos meus atletas por vivenciar um momento importante como esse. Um dia ia chegar (a derrota). Foram momentos de grande motivação e grande alegria. Marcamos o nosso nome na história do Vasco. Isso não apaga”, comentou o treinador Jorginho após a partida.

Polêmica no Paraná
Já na partida entre Londrina e Vila Nova, um lance bizarro. Mesmo com a vitória da equipe da casa, no Estádio do Café, o juiz Francisco de Paula dos Santos anulou um pênalti que havia sido convertido por Rondinelly justificando invasão de área de um companheiro do atleta. Em vez de voltar a penalidade, ele deu prosseguimento a partida com posse para os visitantes.

Como o árbitro aplicou uma decisão que não existe nas regras do futebol, esse equívoco pode ser considerado um Erro de Direito, o que ocasionar até no cancelamento do confronto.

Abaixo, o gol da vitória do Londrina


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook