Últimas

Técnico se irrita ao falar sobre polêmica envolvendo Cristiano Ronaldo

Fernando Santos já tinha respondido sobre o assunto em questão e dessa vez fugiu do tema

O técnico Fernando Santos, da seleção de Portugal, cansou de falar sobre Cristiano Ronaldo. Nesta sexta-feira, questionado sobre uma polêmica que envolveu o craque recentemente, ele mudou de assunto de forma irritada.

A pergunta era sobre as críticas que Cristiano Ronaldo fez contra a Islândia, adversária anterior de Portugal. O atacante afirmou que o time tem mentalidade pequena por comemorar o empate por 1 a 1 e também se recusou a trocar de camiseta com o meia Aron Gunnarsson. “Minha camisa? Quem é você?”, afirmou Cristiano.

Fernando Santos já tinha dito que essa atitude de Cristiano Ronaldo foi uma resposta aos islandeses, que o chamaram de “estrela de Hollywood e fizeram outras provocações: “quando falam de fair play, fico com vontade de rir… Depois das declarações do treinador e jogadores da Islândia… Passaram o tempo a vaiar o Cristiano e o Pepe, inclusive o banco da Islândia ‘incentivou’ o Pepe. Muitas vezes, as respostas que se dão são aquelas que lhes apetece dar. Como eu costumo dizer, quem não sente, não é filho de boa gente”.


Cristiano Ronaldo não está feliz na seleção portuguesa (Foto: Getty Images)

Mas na entrevista coletiva desta sexta ele fugiu do time:  “o que querem que eu diga mais? É o melhor jogador do mundo. Respeito vossas perguntas, respeito muito vosso trabalho, mas por que ficam me fazendo essas perguntas? Ronaldo é o melhor do mundo, só isso. Isso já diz a importância que ele tem para o time”.

Fernando ainda teve que comentar outra polêmica do craque do Real Madrid, que reclamou do seu posicionamento em campo. “Vejo com muito cuidado os jogos do Real Madrid. Benzema ficou bastante tempo fora da equipe, e quem jogava no lugar dele? Cristiano Ronaldo. Ele pode jogar em qualquer lugar, e tem liberdade total para jogar aqui. Já disse muitas vezes que ele não é ponta-de-lança, não pode ser central nunca. Cristiano é um jogador livre, e tem que ser assim”, defendeu-se o treinador.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook