Últimas

Toni Kroos e Marcelo, os campeões silenciosos do Real Madrid

Não foram apenas Cristiano Ronaldo, Bale e Sergio Ramos as peças importantes no título merengue da Champions League

Às vezes muita gente boa não está nos holofotes de uma grande conquista. Acontece no futebol e também na vida cotidiana. No chamado “esporte bretão”, tais jogadores são chamados de “classe média” na Europa. Uma denominação que não tira deles a capacidade de desequilibrar e mudar os rumos de uma partida.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Dani Alves ou Cafu? | Atleti tem motivos para acreditar! | Neymarqueteiro?


Na foto que retratou o final feliz do Real Madrid após a Champions League, destaque claro para Cristiano Ronaldo – artilheiro isolado -, Sergio Ramos  – mais uma vez herói do título -, Keylor Navas – de rendimento extraordinários desde agosto – e Gareth Bale – imparável e vencido somente por alguns problemas físicos. Eles levaram a maior parte dos elogios.

Só que a equipe treinada por Zidane foi muito mais.

Toni Kroos e Marcelo são a prova viva. Longes do foco midiático, mas imprescindíveis. O alemão teve um rendimento monumental, borrado apenas por uma leve queda de rendimento no meio da temporada. Já o brasileiro ofereceu a sua versão mais sólida: tanto no ataque quanto na defesa.

Zinedine Zidane já sabe que, para manter o Real Madrid no ponto mais alto, vai precisar de ambos. Até porque Cristiano Ronaldo, Sergio Ramos, Keylor Navas e Gareth Bale seguirão com o protagonismo.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook