Vidal quer reencontrar a Argentina na final da Copa América

Jogador enfrentou os hermanos na final do ano passado e defende que eles são a melhor seleção do mundo


GOAL Por Ezequiel Scher 


O chileno Arturo Vidal não esconde a felicidade pelo momento vivido na Copa América Centenário. O Chile é o atual campeão sul-americano e agora finalmente mostrou o sue valor depois de uma vitória avassaladora de 7 a 0 sobre o México, nas quartas de final da edição Centenário do torneio. Assim, um dos principais jogadores da equipe falou sobre os desafios da Copa América e a possibilidade de enfrentar o mesmo rival da final do ano passado: a Argentina de Lionel Messi.  

Como se sente depois de ganhar de 7 a 0? 

Estou contente pelo que aconteceu. Fizemos uma partida perfeita, com muita intensidade. Poderíamos ter marcado todos os gols que criamos e estamos muito confiantes para o que está vindo.  

Quais foram as chaves? 

Jogar com intensidade. Pressionar em todos os momentos. E quando tivemos a bola, nós controlamos da melhor maneira. Foi uma combinação perfeita, e o resultado foi mais que perfeito. É muito difícil fazer resultado. Não conseguimos sete gols de diferença contra eles normalmente.  

Como está o Chile? 

Esperamos ser campeões. Mas primeiro temos a Colômbia, que está jogando muito bem. Mas se jogarmos como contra o México, temos muitas chances de manter o título. Vai ser uma partida muito difícil.  

Como está o vestiário? 

Feliz e contente, porque falaram muitas coisas do grupo, mas temos cabeça fria. Falaram coisas de Cláudio (Bravo) e ele continua espetacular. É o nosso pilar, nosso capitão e continua nos ajudando para sermos os melhores. Os torcedores confiam em nós, nunca vamos deixá-los de lado. Edu Vargas estava bem com a mãe e lhe prometeu um gol e acabou dando quatro. Alexis foi muito bem também. 

Como você se sente por ficar fora da semifinal?

Estou triste, mas confiante do que meus companheiros podem fazer. Essas partidas têm esses riscos. Espero poder jogar a final. Desde a primeira partida contra a Argentina eu sabia que poderiam me dar outro amarelo. Seria lindo voltar a cruzar com os argentinos porque são a melhor seleção do mundo e estamos lutando. 

Martino disse que o Chile é o melhor time…. 

Se jogarmos como hoje, com certeza. 

Na primeira partida, você disse que a Argentina ficou mais difícil sem Messi… 

Nããão. Todos sabemos quem é Messi: o melhor jogador do mundo. Eu disse isso porque nesse jogo a Argentina saiu com intensidade e fomos pressionados, ao contrário de outros. Mas, com Messi em campo, tudo muda.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook