► Bauza lamenta demissão de Tata Martino e não descarta assumir seleção argentina no futuro

No momento, porém, treinador disse estar focado somente na disputa da semifinal da Libertadores

Focado no início da disputa da semifinal da Copa Libertadores da América, Edgardo Bauza preferiu não falar muito sobre a saída de Tata Martino do comando da Argentina. Apontado como um dos possíveis sucessores, o técnico do São Paulo não descartou assumir a seleção do seu país no futuro, mas disse que no momento está totalmente voltado para os duelos do São Paulo contra o Atlético Nacional.

“Qualquer treinador sonha em dirigir a seleção de seu país, mas hoje tenho a cabeça no (Atlético) Nacional, que já me dá muito trabalho” afirmou.


(Foto: Télam)

Bauza ainda lamentou a saída do amigo Tata Martino, que teve sua saída da seleção argentina confirmada após reunião realizada em Buenos Aires, nesta terça-feira (5).

“A primeira reação é uma grande tristeza. Eu o conheço como pessoa, como treinador nem preciso comentar porque sua estratégia fala por si. Mas me dá tristeza que tenha de renunciar por tudo que aconteceu. Infelizmente, aconteceram coisas na Argentina que fazem com que chegue a esse ponto. Não posso opinar, mas sempre fico triste”, finalizou.

Nesta quarta-feira (6), o Patón comandará a equipe no jogo de ida da semifinal da Libertadores, contra o Atlético Nacional, às 21h45 (de Brasília), no Morumbi.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Bauza indica substituto de Ganso | Tata deixa seleção | Quem será o novo técnico da Argentina?



Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook