Últimas

Após incêndio, Estação da Luz tem entrada principal reaberta ao público em SP

Fechada há sete meses – desde o incêndio que atingiu o Museu de Língua Portuguesa em 21 de dezembro do ano passado –, a entrada principal da Estação da Luz, na região central, foi reaberta ao público nesta segunda-feira, às 4h da manhã. Segundo a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (Cptm), a reabertura facilita o deslocamento de 250 mil pessoas nos dias úteis.

Além dos passageiros que embarcam nas linhas 7-Rubi (Luz- Francisco Morato-Jundiaí) e 11-Coral (Luz-Guaianases–Estudantes), que liga municípios que ficam ao leste e noroeste da Grande São Paulo, a Estação da Luz tem movimentação de usuários do Metrô das linhas azul e amarela e recebe grande número de pessoas que buscam o centro de compras de confecções do bairro do Bom Retiro e também de visitantes da Pinacoteca, Museu de Arte Sacra e Parque da Luz.

A reforma envolveu obras estruturais, elétricas e hidráulicas para contenção da estrutura afetada, informou a Cptm. Segundo a assessoria de imprensa da estatal, a demora na restauração da parte afetada do prédio, que data do século XIX, ocorreu devido aos trâmites burocráticos como a necessidade de aprovação do projeto, por parte do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat) e do Departamento do Patrimônio Histórico (DPH), órgão da prefeitura de São Paulo.

O conjunto arquitetônico em linhas neoclássicas com tijolos à vista e estrutura de ferro foi erguido em 1867.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook