Últimas

Argel vê pressão igual no Criciúma e reclama de reforços atrasados no Inter

Técnico colorado disse que não liga para possível demissão porque não ficará nem uma semana desempregado

O Internacional começou bem no Campeonato Brasileiro, mas caiu de produção nas últimas rodadas e não é difícil explicar por que isso aconteceu. O ataque é um dos piores problemas do time e até se reforçou recentemente, mas pode ter sido tarde demais. Nesta sexta-feira, técnico Argel Fucks reclamou dessa demora nas contratações e ainda deu uma declaração forte sobre a pressão que existe sobre ele neste momento.

De acordo com Argel, a pressão no Inter é a mesma de outros clubes menores: “estou acostumado. Me preparei para estar aqui. A pressão é mesma que Figueirense, Criciúma. Não muda nada. Um pouco mais forte, mais fraca. Estou há quatro anos na Série A. Há pressão por ganhar, chegar à Libertadores, para não cair”.


Ariel é a nova esperança de gols do Inter (Foto: Internacional/ Divulgação)

Argel também foi polêmico ao falar dos reforços: “até demorou para chegar os reforços. E foram dois. Deveriam ter chegado antes. Eles chegaram a um time que ganhou a Recopa, hexacampeão do Gauchão, que era apontado a não cair e aí dá uma arrancada. O Ariel nem estreou. O Seijas só tem um jogo e meio. É pouco. É preciso dar tempo, concepção de trabalho. Nosso grupo fica mais forte. Desejamos muito as chegadas dos dois, mas eles não serão a solução”.

Podem não ser a solução, mas precisam ajudar muito. Afinal, entre os dez primeiros do Brasileirão, o Inter tem apenas o quarto melhor ataque (15 gols em 13 jogos) e e erra muitas finalizações: de 130 chutes até agora, a equipe acertou apenas 54 no gol. O aproveitamento de passes também não impressiona, 77,3% certos.

Números do Inter no Brasileirão 2016:

Agora o Inter vai enfrentar o Santa Cruz fora de casa e depois o Palmeiras no Beira-Rio. São jogos que podem colocar o cargo de Argel sob risco, mas ele parece não se importar: “não me preocupo com emprego. Ganhei dois títulos em 11 meses. Se caso a demissão ocorra, não fico uma semana parado e já estarei trabalhando”.

Argel confirmou o time que enfrentará o Santa Cruz, neste domingo, às 16h (de Brasília): Muriel; William, Paulão, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Fabinho e Gustavo Ferrareis; Eduardo Sasha, Ariel e Vitinho.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook