Últimas

Bauza diz que São Paulo sai de cabeça erguida e considera erro de Maicon o pior

Para treinador tricolor, expulsão do zagueiro no Morumbi foi o lance mais prejudicial para o time

O São Paulo saiu de cabeça quente da eliminação da Copa Libertadores por causa dos erros de arbitragem que aconteceram nas duas partidas das semifinais. Após o jogo, o treinador Patón Bauza comentou sobre o confronto e não quis falar muito da arbitragem nesta quarta-feira, 13. Confira as principais declarações do técnico.

Sobre o Atlético Nacional
“Antes de jogar no Morumbi, era a equipe mais regular da Copa. Retém bem a bola, ataca bastante, tem jogadores rápidos, são muito perigosos. Fizemos de tudo para superá-los, até a expulsão de Maicon. Na final, será um adversário difícil para quem passar.”

Os desafios
“A altitude afeta, mas é uma altitude que para os atletas preparados não traz problemas. O problema do São Paulo foi outra coisa. O Nacional teve mais chances no segundo tempo pela forma que jogamos, com quatro avançados. Também não tivemos jogadores importantes, lesionados.”


(Foto: RAUL ARBOLEDA/AFP/Getty Images)

GOALLEIA MAIS: GOAL
A. Nacional 2 x 1 São Paulo | Notícias da Libertadores | “Foi uma palhaçada”


Sobre os erros de arbitragem
“Foi o mesmo que aconteceu no Morumbi, com a expulsão de Maicon, que resultou no 2 x 0. Quanto a hoje, não queria comentar. Foi algo tão evidente que não pode acontecer. Mas já passou.”

“A expulsão de Maicon foi o pior erro, foi vital. Porque se não perdemos por 2 a 0 lá, não teríamos que nos expor aqui. O que aconteceu hoje, todos viram na televisão o que se passou.”

Sobre a derrota na Colômbia e a eliminação
“Tivemos um planos de partida e estávamos bem até um erro nosso que ocasionou o empate. No segundo tempo, tivemos que atacar e sofremos atrás por isso. Mas terminamos com a cabeça erguida, fizemos uma boa Libertadores e ficamos entre os quatro melhor.”


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook