Últimas

CBGT:Cinco lições de Brasil vs Japão

Rogério Micale aproveitou o amistoso para colocar em prática tudo aquilo que treinou nas duas semanas de preparação na Granja Comary

Depois de duas semanas de treinos intensos na Granja Comary, a Seleção Olímpica encarou o Japão, no Serra Dourada, em Goiânia, em jogo amistoso para ajustes finais na preparação brasileira antes da estreia no Rio 2016. 

 

Com estádio lotado, os torcedores assistiram a um belo primeiro tempo e muitas mudanças feitas pelo técnico Rogério Micale.

 

Abaixo, a Chevrolet Brasil Global Tour destaca os principais pontos da vitória brasileira:

 


O TRIO DE OURO


 


(Foto: Getty Images)

 

Antes da partida muita expectativa em torno do trio Gabigol, Neymar e Gabriel Jesus que não decepcionaram dentro de campo. No primeiro tempo, boas tabelas e triangulações fizeram parte do repertório do ataque brasileiro. Com Neymar do lado esquerdo, assim como no Barcelona, Gabriel Jesus por várias vezes retornando e compondo bem na marcação e o camisa 9, Gabigol, balançando as redes em belíssima arracanda do meio-campo. 

 


O 4-2-4 


 


(Foto: Getty Images)

 

Durante os treinos na Granja Comary e nas entrevistas coletivas, Rogério Micale não descartou atuar com 4 atacantes. Isso se confirmou na partida deste sábado quando o treinador sacou Rafinha para colocar Luan. Mesmo que por pouco tempo o Brasil teve em campo quatro atacantes, algo que parece incrível aos olhos de quem se acostumou a ver a Seleção mais cautelosa nos últimos anos. O quarteto demonstrou bastante movimentação, com Luan as vezes recuado armando as jogadas, e outras vezes caindo pelo lado esquerdo.

 


AS MUDANÇAS DO TREINADOR


 


(Foto: Getty Images)

 

Micale aproveitou o jogo amistoso para analisar tudo o que foi treinado nas duas semanas de preparação e aperfeiçoar outras. O comandante não abriu mão de experimentar e testar. Por isso, ao longo do duelo tivemos muitas mudanças. Todos os jogadores de linha entraram em campo, no final da partida o Brasil estava com Terminou com Uilson, William, Marquinhos, Luan Garcia e Douglas Santos; Rodrigo Dourado, Walace e Renato Augusto; Luan, Neymar e Gabriel Jesus.

 


A CONFIANÇA EM ROGÉRIO MICALE



(Foto: Lucas Figueiredo / MoWa Press)

 

Desde que Rogério Micale deu a primeira entrevista como treinador da Seleção Olímpica a imprensa se rendeu ao comandante. Por sua seriedade e educação, além dos bons conceitos. Tudo isso foi traduzido dentro de campo. Além de colocar em prática as mudanças táticas apresentadas durante os treinamentos. Depois do duelo, mesmo que não tenha sido uma partida brilhante a confiança no treinador só aumentou. Os torcedores e a imprensa elogiaram bastante a postura de Micale que seguirá seu caminho em busca do inédito ouro olímpico.

 


GABIGOL ARTILHEIRO


 


(Foto: Getty Images)

 

Mais uma vez o camisa 9 da Seleção Olímpica balançou as redes, a sétima vez em seis partidas pela equipe sub-23. Números que apontam o porque de toda a expectativa em cima do atacante. Na partida deste sábado se movimentou bem, tabelou e em uma belíssima arracanda abriu o placar. No segundo tempo também protagonizou o belo lance, driblou e chutou com a perna esquerda para boa defesa do goleiro japonês. O garoto não se intimida quando o assunto é Seleção principal, em quatro partidas (duas como titular), Gabigol foi as redes em duas oportunidades. 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook