China in Goal: Chinese Super League tem 28 brasileiros. Quem são eles?

Além dos jogadores mais badalados, como Renato Augusto, Gil, Tardelli, Paulinho, Ramires e Ricardo Goulart, China tem outros nomes desconhecidos

Quem são os brasileiros que atuam na Chinese Super League (CSL)? Sabemos que jogadores mais famosos como Gil, Ricardo Goulart e Diego Tardelli chegaram ao país de mala e cuia e abrilhantam o novo ‘El Dorado’ do futebol. O China in Goal preparou uma lista com todos os atletas e por onde eles atuam.

Pelo fortíssimo Guangzhou Evergrande, time dirigido pelo treinador brasileiro campeão do mundo Luís Felipe Scolari, encontram-se Ricardo Goulart que foi bicampeão brasileiro com o Cruzeiro, Paulinho, vencedor da Libertadores e do Mundial com o Corinthians e Alan, atacante revelação do Fluminense em 2009 e destaque na campanha da Sul-americana do time tricolor.

No Jiangsu Suning, encontramos outros grandes nomes brasileiros. Ramires foi comprado diretamente do potente inglês Chelsea. Jô, campeão da Libertadores pelo Atlético Mineiro, e Alex Teixeira, revelado pelo Vasco foi comprado após ótima temporada no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. O dono do clube é dono também da Internazionale. Transações entre os dois times poderão acontecer com frequência. Olho neles.


Ramires chegou recentemente ao futebol chinês (Foto: Getty Images)

O Shanghai East Asia tem o jogador mais caro da Liga. Conforme noticiado pela China in Goal, o brasileiro Hulk que disputou a Copa do Mundo 2014 chegou recentemente ao clube e vai fazer companhia ao compatriota Elkeson – o maior artilheiro da CSL.

Outro clube com três brasileiros é o Beijing Guoan. Nele estão Kléber – revelado pelo Atlético Mineiro e com passagem de destaque por Marítimo e Porto de Portugal, e os ex-corintianos Ralf e Renato Augusto – esse inclusive selecionável.

Chongqing Lifan contratou recentemente Alan Kardec. Ele se junta ao centroavante Jael (ex-bahia) e ao atacante Fernandinho – revelado pelo Flamengo e de modestas passagens por Madureira-RJ e Estoril-POR.

Pelo Guangzhou R&F temos a dupla Bruninho e Renatinho. Renatinho é meia, e foi revelado pela Ponte Preta em 2011. Logo se transferiu para o Japão e depois aportou no time chinês. Seu companheiro Bruninho é atacante, revelado pela Lajeadense, jogou na Ponte Preta, Nacional-AM, Caxias e outros clubes até chegar ao local.


Ricardo Goulart é um dos destaques do Guangzhou Evergrande (Foto: Getty Images)

Também com dois brasileiros no elenco está o Shijiazhuang, de Diego Mauricio, revelado pelo Flamengo e com passagem pelo Bragantino, e Matheus, que apareceu no Itabaiana e atuou em clubes portugueses como Braga, Beira Mar e Setúbal.

O outro time com uma dupla tupiniquim é o Hangzhou Greentown, com Anselmo Ramon, com passagem marcante pelo Cruzeiro, e Denilson, atacante revelado pelo Vitória e com passagem pelo futebol italiano: Parma, Torino entre outros.

O Shandong Luneng, por sua vez, conta com o zagueiro Gil da seleção, o volante Jucilei e o atacante Diego Tardelli, ex-São Paulo e Galo. O último está de saída, como informado. Quem deixou o clube recentemente e foi para o Hebei Fortune foi o Aloísio Boi Bandido e é o único brasileiro por lá.


Shandong Luneng foi o primeiro time de Aloísio na China (Foto: Divulgação)

Alguns outros clubes contam somente com um atleta do país sul-americano no seu elenco. È o caso do Henan Construction, com o menos famoso Olívio da Rosa, que saiu do Criciúma. O Tianjin Teda conta com o meio-campista Wagner, ex-Cruzeiro, América Mineiro e Fluminense. Já no Changchun Yatai tem o atacante Bruno Meneghel (ex-Náutico).

Vale lembrar que Luis Fabiano, Jadson e Geuvânio atuam na segunda divisão da China. Os jogadores, em sua maioria, são atacantes. Poucos são zagueiros. Nenhum goleiro estrangeiro pode ser contratado na liga chinesa.

Dos 16 times da primeira divisão, somente Shanghai Shenhua, Yanbian e Liaoning não possuem jogadores brasileiros.

Confira a lista completa:
Guangzhou – Paulinho, Ricardo Goulart, Alan e Felipão
Jiangsu Suning – Ramires, Alex Teixeira e Jô
Shanghai East Asia – Elkeson e Hulk
Hebei – Aloísio Boi Bandido
Shanghai Shenhua – nenhum
Henan Construction – Olivio da Rosa
Guangzhou R&F – Renatinho e Bruninho
Beijing Guoan – Kléber, Ralf e Renato Augusto
Tianjin Teda – Wagner
Yanbian – nenhum
Liaoning – nenhum
Chongqing Lifan – Fernandinho, Alan Kardec e Jael
Hangzhou Greentown – Anselmo e Denilson
Shandong Luneng – Gil, Jucilei e Tardelli
Shijiazhuang – Diego Mauricio e Matheus
Changchun Yatai – Bruno Meneghel


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook