China in Goal: Somente CR7 e Messi recebem mais que jogadores do futebol chinês. Confira os 20 maiores

Hulk lidera a lista dos mais bem pagos do esporte na China. Ramires, Alex Teixeira, Paulinho e outros cinco brasileiros aparecem entre os mais bem pagos

A Europa, aos poucos, divide com a Ásia, o rótulo de grande referência do futebol mundial. O enfraquecimento do eurocentrismo na modalidade é evidenciado pelo surgimento de um novo ‘El Dorado’: a China.

O país que compete e tira grandes jogadores até dos principais clubes do mundo, como Chelsea, Atlético de Madrid e Paris Saint-Germain ganhou um espaço na Goal Brasil. A coluna China in Goal é inaugurada nesta sexta-feira (15), data do fechamento da janela de transferências da modalidade no local.

O espaço é destinado ao esporte na nação asiática e, além de dados, informações e entrevistas, pretende mostrar os bastidores do mercado futebolístico com a maior curva de ascensão no mundo.

A legião de estrangeiros que tomou conta do futebol local surpreendeu o mundo da bola. Tudo por que o esporte na terra asiática nunca foi um palco tão competitivo. Essa realidade, porém, vem mudando. Há cerca de três anos, grandes jogadores se transferem para o país.


Ramires defende as cores do Jiangsu Suning (Foto: Getty Images)

Para atrair renomadas estrelas do esporte mundial – como Jackson Martínez e Ezequiel Lavezzi –, os clubes chineses conseguiram fechar acordos voluptuosos. Alguns atletas inclusive arriscaram deixar a Europa para buscar um novo rumo na carreira.

Para se ter ideia da fortuna recebida na Ásia, em abril deste ano, o site Total Sportek divulgou uma lista com os jogadores mais bem pagos do mundo. Somente Cristiano Ronaldo – primeiro colocado, com R$ 75 milhões por ano – e Lionel Messi – segundo colocado, com R$ 72,5 milhões anuais – superam o primeiro dentre os que atuam na China.

O caso mais recente é do brasileiro Hulk, ex-FC Porto, que trocou o Zenit pelo Shanghai SIPG. No novo clube, o atacante receberá 20 milhões de euros (R$ 72,4 milhões na cotação atual) por ano. A Chinese Super League ainda conta com estrelas como Asamoah Gyan, Grazziano Pellè, Demba Ba, Gervinho e Ramires.


Valores em milhões de euros

Abaixo, você pode conferir a lista dos 20 atletas mais bem pagos do país, conforme a Finance Football. A relação conta com nove brasileiros. Se somados os vencimentos de todos os mencionados, o valor gasto chega a 180 milhões de euros (R$ 651,9 milhões) anuais.

1 – Hulk (Shanghai SIPG): 20 milhões de euros
2 – Pellè (Shandong Luneng): 15 milhões de euros
3 – Asamoah Gyan (Shanghai SIPG): 14,8 milhões de euros
4 – Lavezzi (Hebei Fortune): 14 milhões de euros
5 – Ramires (Jiangsu Suning): 13 milhões de euros
6 – Jackson Martinez (Guangzhou): 12,5 milhões de euros
7 – Alex Teixeira (Jiangsu Suning): 12 milhões de euros
8 – Burak Yilmaz (Beijing Guoan): 8 milhões de euros
9 – Dario Conca (Shanghai SIPG): 7,5 milhões de euros
10 – Paulinho (Guangzhou): 7 milhões de euros
11 – Renato Augusto (Beijing Guoan): 6,5 milhões de euros
12 – Mbia (Hebei Fortune): 6,25 milhões de euros
13 – Guarín (Shanghai Shenhua): 6,2 milhões de euros
14 – Elkeson (Shanghai SIPG): 6 milhões de euros
15 – Jadson (Tianjin Quanjian): 6 milhões de euros
16 – Demba Ba (Shanghai Shenhua): 6 milhões de euros
17 – Obafemi Martins (Shanghai Shenhua): 5,8 milhões de euros
18 – Gervinho (Hebei Fortune): 5 milhões de euro
19 – Ricardo Goulart (Guangzhou): 4 milhões de euros
20 – Diego Tardelli (Shandong Luneng): 4 milhões de euros


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook