Últimas

Christine Fernandes conta que foi assaltada por motoqueiro no Rio



Atriz disse no Twitter que assaltante estava armado. ‘Hoje celebro além do aniversário do meu filho, minha vida poupada pelo bandido’, escreveu ela.

Christine Fernandes (Foto: Instagram / Reprodução)Christine Fernandes (Foto: Instagram / Reprodução)

Christine Fernandes é mais uma vítima da violência do Rio de Janeiro. A atriz contou no Twitter que foi assaltada por um motoqueiro armado enquanto dirigia na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, nesta sexta-feira, 1º.

Segundo Christine, ela foi abordada pelo assaltante ao estacionar o carro que lhe apontou a arma exigindo que ela passasse o relógio. Christine contou que foi vítima do crime no dia do aniversário do filho:

“Acabo de ser assaltada por um cara (moto Lancy vermelha 125, segundo testemunhas) ao saltar do carro em plena Americas Pet da na Av. das Américas. Assalto à mão armada coisa corriqueira na #CidadeOlímpica #vergonha do #Rio. #Medo! Muito medo… Hoje celebro além do aniversário do meu filho, minha vida poupada pelo bandido. Fora o emocional destruído, tudo. Um milagre não ter levado uma bala. Só posso agradecer. O cara me seguia aparentemente desde o BarraShopping. E já saltou apontando a arma e dizendo que ia me matar se eu não passasse o relógio. Só tô escrevendo pra desabafar e para dizer que tô cheia de viver com medo no #Rio2016. Mas como cidadã, mesmo sabendo que nossa policia nao tem $ nem pra gasolina, vou dar queixa. E pedir a camera de segurança da loja. #Rio. #Rio2016 , “Welcome to Hell” já dizia com sinceridade o cartaz da própria #policia aos estrangeiros no Galeao… Que merda… Tenho vergonha de nós, do Brasil e do Rio de Janeiro. Ainda em choque mas grata por nao ter tomado uma bala na cara. E revoltada com a nossa situaçao aqui #RJ”.

Christine Fernandes é assaltada por motoqueiro (Foto: Twitter / Reprodução)Christine Fernandes é assaltada por motoqueiro (Foto: Twitter / Reprodução)

 

 


Fonte: Ego.globo.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook