Últimas

Ciclovia do Parque Olímpico do Rio tem poste no meio do caminho

Em meio s obras de acabamento do Parque Olmpico da Barra da Tijuca, um poste chama a ateno. Ele est no meio do caminho de uma das pistas da recm-inaugurada ciclovia, que ocupa o trecho em frente ao principal polo de competies dos Jogos Olmpicos.

A Folha observou o movimento na manh desta quarta-feira (6) e notou que poucos ciclistas passam pelo local com suas bicicletas –em cerca de 30 minutos, apenas seis cruzaram o poste que fica em frente ao Parque Aqutico Maria Lenk, palco das disputas de polo aqutico e nado sincronizado na Olimpada.

“A ciclovia aqui tem um ms, no mximo. O poste veio depois”, diz Daniella Gomes, 30, moradora da Barra da Tijuca que diariamente percorre de bicicleta o caminho de casa, em frente ao Parque Olmpico, at a sede do COB (Comit Olmpico do Brasil), onde trabalha.

Marcel Merguizo/Folhapress
Ciclista passa pelo poste no meio da ciclovia constru
Poste em ciclovia do Parque Olmpico do Rio, na Barra da Tijuca

Daniella reclama que, alm do poste, a ciclovia restringe-se ao trecho em frente ao Parque Olmpico. Acaba (ou comea) precisamente onde est o Maria Lenk e vai at a outra ponta, na qual fica o MPC (sigla em ingls para o centro principal de mdia).

“A ciclovia no tem continuidade, passo por ela todo dia. Como trabalho no Riocentro, tenho de cruzar a avenida [Salvador Allende], e perigoso. Mas pelo menos tem ciclovia”, comenta o urbanista Pedro Marquese, 35. “Por se tratar do Rio de Janeiro, isso [falha na obra] mais comum do que se imagina.”

De to recente que , o poste, inclusive, ainda no tem fiao. “Como diz o poeta, a pedra no meio do caminho. Mas essa bem alta”, brinca um funcionrio que estava dentro do Maria Lenk em conversa com a reportagem.

Procurada, a Prefeitura do Rio ainda no respondeu Folha.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook