Últimas

Com reforços do exterior, São Paulo atende Bauza e terá ‘nova’ equipe para sequência do ano

Tricolor acertou na última janela de transferências com o zagueiro Douglas, o lateral-direito Buffarini, o meia Cueva e os atacantes Chávez e Gilberto


GOAL Por Fernando H. Ahuvia 


O São Paulo se movimentou bastante na janela de transferências internacionais para atender os pedidos do técnico Edgardo Bauza. Depois das contratações de Douglas, Cueva e Gilberto, o clube do Morumbi acertou momentos antes de encerrar o prazo para contratações do exterior com Andrés Chávez e Buffarini. A concretização do acordo com o lateral-direito que estava no San Lorenzo ainda depende de um aval da Fifa, mas o Tricolor acredita que não terá problemas para registrá-lo.

Ainda levarão alguns dias para o comandante são-paulino ter todos os jogadores a sua disposição, mas, quando isso acontecer, será possível ver uma equipe bem diferente daquela que chegou até a semifinal da Copa Libertadores da América.

Confira os setores da equipe que sofreram mudanças:


(Foto: Shaun Botterill/Getty Images)

Além da contratação em definitivo de Maicon por quatro anos ainda antes da disputa da semifinal da Libertadores, o São Paulo reforçou a sua zaga trazendo Douglas, que estava no Dnipro, da Ucrânia. Com passagem no Brasil pelo Vasco, o jogador que ainda não atuou em 2016 porque estava lesionado, assinará contrato de dois anos com o Tricolor.

O São Paulo já contava para o setor com: Rodrigo Caio, Lugano e Lyanco. O primeiro, porém, desfalcará o Tricolor em alguns confrontos por estar com a seleção olímpica e ainda pode ser vendido para algum clube da Europa. Além deles, Breno, que só voltará a jogar em 2017, também segue no clube.


(Foto: Télam)

Desejo antigo de Edgardo Bauza, o lateral-direito Buffarini finalmente foi contratado pelo São Paulo, que pagará ao San Lorenzo US$ 2 milhões (cerca de R$ 6,5 milhões) pelo jogador de 27 anos. A vinda do argentino, que já havia sido dada como fracassada, sofreu uma reviravolta nos últimos instantes antes do fechamento da janela e acabou com um final feliz para o Tricolor.


(Foto: Friedemann Vogel/Getty Images)

Para o meio-campo, o São Paulo trouxe Christian Cueva. O camisa 10 da seleção peruana na Copa América Centenário, que custou U$ 2,5 milhões (cerca de R$ 8,1 milhões), assinou por quatro anos com o clube do Morumbi.

Com a venda de Paulo Henrique Ganso para o Sevilla, da Espanha, Cueva atuará centralizado no meio-campo no time de Bauza. No último domingo, fez o seu primeiro gol com a camisa do Tricolor no empate em 1 a 1 no clássico contra o Corinthians.


(Foto: Getty Images)

O ataque, sem dúvidas, foi o setor do campo que mais sofreu modificações. Na última semana, Gilberto, que estava no Chicago Fire, dos Estados Unidos, foi apresentado e já estreou ao entrar no segundo tempo do Majestoso. Na última terça-feira (19), a diretoria também acertou a chegada por empréstimo de um ano de Andrés Chávez, que estava no Boca Juniors.

Por outro lado, o São Paulo acabou perdendo Jonathan Calleri, que já tem acerto encaminhado com o West Ham, da Inglaterra, e Alan Kardec, que foi para o Chongqing Lifan, da China. 


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
SP contrata Chávez | Seleção da 15º rodada do BR | Cueva celebra 1º gol pelo SP



Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook