Últimas

Copa do Brasil: Comemoração? Para Levir, Fluminense não fez mais do que a obrigação ao avançar

O treinador da equipe carioca reclamou do tamanho do campo do Ypiranga, mas reconheceu que vitória era obrigação

O Fluminense não teve vida fácil, e suou para fazer os dois gols que valeram a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil. Contra o Ypiranga, em Erechim, Cícero e Magno Alves balançaram as redes.

Mas nada de comemoração efusiva por parte do treinador. Para Levir Culpi, o Tricolor fez apenas a sua obrigação.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Seleção: do frio ao calor | Libertadores: todos os campeões | Gabigol vs Gabriel Jesus


“Não fizemos mais do que a obrigação em vencer a partida. Muito importante. Estamos nos fortalecendo, e com a vitória sempre o astral melhora, tudo melhora”, disse o treinador, que reclamou do tamanho do campo.

“O time deles tem uma boa estrutura, o Leocir (Dalla’Astra, técnico do Ypiranga) está com eles há muito tempo, tem um bom time. Sentimos um pouco as dimensões do campo, os jogadores se queixaram. O campo é maior. Mas mesmo assim, não dá para comparar os elencos, o investimento também”.

O comandante da equipe das Laranjeiras também falou sobre a estreia de Wellington e o desempenho de Henrique Dourado no ataque: “Ele (Wellington) precisa de um espaço maior, de uma preparação melhor. Henrique Dourado também, assim como os outros reforços. Mas são jogadores de qualidade. Nosso time tem tendência para evoluir nessa competição”.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook