Últimas

Correios correm contra o tempo para distribuir equipamentos da Rio-2016

Os bancos de reservas do rgbi aguardam o momento de entrar em campo. Ao lado, as bolas de handebol esperam quietas em suas caixas pelas mos que iro acarici-las. Desmontadas, tabelas de basquete parecem desanimadas. E, logo adiante, as quadras de vlei permanecem enroladas, mas em 25 dias estaro estendidas a fim de serem pisoteadas pelos melhores atletas do mundo.

Todos eles sero protagonistas nos Jogos Olmpicos, a partir de 5 de agosto, mas, por enquanto, esto em um galpo de 75 mil m (o equivalente a dez campos de futebol) em Duque de Caxias, na regio metropolitana do Rio.

Vindos de China, Japo, Austrlia, Frana, EUA e tambm de Taiwan, Vietn, Tailndia, os equipamentos esportivos olmpicos e paraolmpicos descansam de longas viagens de navio no centro logstico dos Correios, todo dedicado aos Jogos.

A entrega de cada um dos 30 milhes de itens feita de acordo com os pedidos do comit organizador Rio-2016.

LOGSTICA DE ENTREGA DOS CORREIOS NOS JOGOS OLMPICOS

Os Correios patrocinam os Jogos (R$ 300 milhes, com contrapartida de R$ 180 milhes na contratao da operao logstica). a primeira vez da histria que um correio pblico realiza a logstica de uma Olimpada.
Aps fazer cerca de 70% das entregas (devido principalmente parte de mobilirio) desde o incio de 2015, os ltimos dias antes dos Jogos concentram-se nos esportes.

“Agora a parte mais crtica, porque esses materiais esportivos precisam estar no seu devido lugar no tempo exato. No pelo volume, porque agora a parte mais sensvel”, afirma Jos Furian Filho, vice-presidente de logstica dos Correios.

Das toneladas dos obstculos do hipismo aos gramas das bolas de tnis de mesa, at mesmo tochas olmpicas passam pelo centro de logstica antes de serem enviadas s cidades pelas quais o revezamento da chama estar.

Apenas os cavalos do hipismo e os barcos de vela, canoagem e remo no sero entregues pela estatal, pois demandam especialistas nos transportes. As varas de Fabiana Murer e outras atletas tambm no passaro pelo local, pois so objetos pessoais e no padronizados.

At o meio-dia desta segunda (11), quando a Folha visitou o local, haviam sido feitas 120 entregas, como o piso da arena de boxe e itens de vela e luta olmpica.

O pico do trabalho ocorreu de maro a maio, com a montagem da Vila dos Atletas.

“O atraso das obras na Vila intensificou o armazenamento do mobilirio. Cumprimos no tempo, mas foi ajustado. Era para ter sido feito no incio do ano”, diz Furiam.

A operao comeou em janeiro de 2015 e vai at o fim de 2017 (com a devoluo e redistribuio dos equipamentos). Os Correios ainda vo fazer o transporte das medalhas, da casa da Moeda para os respectivos pdios durante os Jogos do Rio.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook