“Cristiano Ronaldo está se sacrificando pela equipe”, diz Paulo Futre

Ídolo português fala sobre qualidade de liderança de craque do Real Madrid, mesmo com ele fora da sua melhor forma

Ex-jogador da seleção portuguesa, Paulo Futre comentou sobre o desempenho do craque Cristiano Ronaldo na Eurocopa. Ele afirmou que o jogador está se sacrificando pela equipe, mesmo longe da sua melhor forma. 


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Juiz arquiva processo de Neymar | “Griezmann é o CR7 francês” | Os caminhos de Portugal e França


“Nós sabemos que Cristiano não está bem, ele está em 50 por cento das suas capacidades, mas Cristiano ainda é Cristiano”, disse Futre à Cadena Cope.

“Cristiano está se sacrificando, está trabalhando muito para a equipe, e não está bravo com isso. Contra a Croácia, ele aplaudiu o gol de Quaresma na prorrogação. Quando Cristiano não marcar, ele geralmente fica bravo, mas não agora. Ele trabalha muito, também defendendo.”


(Foto: Stu Forster/Getty Images)

Futre também notou uma diferença entre este torneio e a edição de 2012, com um indicador do amadurecimento de CR7, hoje com 31 anos.

“Você pode ver que ele é um líder autêntico – como exemplo, ele pediu para Moutinho bater o pênalti final (contra a Polônia, nas quartas de final). Foi uma coisa normal, Moutinho é um jogador experiente, mas havia falhado quatro anos antes contra a Espanha, nas semifinais.”

Números de C. Ronaldo na Eurocopa 2016

“Ele lutou contra um trauma e Cristiano agiu como um autêntico líder. Talvez Cristiano tenha um bom dia, marcando três gols e acabando com a final”, finalizou o otimista Paulo Futre.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook